Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Vídeo – Cavalo que puxava charrete desmaia de exaustão em Poços de Caldas

Um vídeo compartilhado nas redes sociais por protetores dos animais de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, gerou indignação entre a população na última semana. As imagens mostram um cavalo que puxava uma charrete e que caiu no meio de um morro por exaustão.

O animal que puxava o veículo não aguentou subir o morro e caiu, ficando por alguns minutos estendido no chão
O animal que puxava o veículo não aguentou subir o morro e caiu, ficando por alguns minutos estendido no chão

Para os protetores dos animais, apesar dos passeios de charrete serem um dos principais atrativos turísticos da cidade, os cavalos sofrem maus tratos e a fiscalização não é feita. “Lamentável ver uma cena dessas. Sei que charreteiros precisam trabalhar, mas deveria haver uma fiscalização maior e uma outra alternativa, lembrando que além de respeito aos animais temos que respeitar o ser humano”, dizia a postagem que compartilhava o vídeo.

As imagens foram feitas na rua Barão do Campo Místico, no centro da cidade. O animal que puxava o veículo não aguentou subir o morro e caiu, ficando por alguns minutos estendido no chão. No vídeo de poucos minutos é possível ver o dono do cavalo tentando levantá-lo várias vezes sem sucesso. Após algum tempo, o animal teria levantado e seguido viagem.

Veja o flagrante:

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)