Últimas Notícias

Europa – Deputado francês diz que Hitler não matou ciganos suficiente

O Deputado francês e prefeito de Cholet, Gilles Bourdouleix, foi condenado nesta terça-feira pelo Tribunal de Apelação de Angers a pagar 3 mil euros (cerca de R$ 9 mil) de multa por ter dito que Adolf Hitler “talvez não tenha matado ciganos suficientes”.

Deputado francês disse que Hitler não matou ciganos suficientes e teve de pagar multa
Deputado francês disse que Hitler não matou ciganos suficientes e teve de pagar multa

O político, ex-membro do partido centrista UDI, tinha sido condenado em primeira instância à mesma pena pelas declarações feitas em julho de 2013, quando repreendeu os ocupantes de 150 caravanas instaladas sem permissão em um terreno agrícola da cidade em que é prefeito.

Na ocasião, o prefeito de Cholet, município com cerca de 50 mil habitantes e que fica próximo a Nantes, queria convencer os ciganos a abandonar o acampamento, embora os mesmo tenham respondido com uma saudação nazista e o qualificado de racista.

A partir dessa resposta inesperada, o deputado fez o comentário infeliz, relatado pelo jornal Le Courrier de l’Ouest e que foi confirmado pelas pessoas que se encontravam no local, o que desencadeou uma investigação por “apologia de crime contra a humanidade”.

O político, que argumentou que suas palavras tinham sido tiradas de contexto e que havia sido vítima de uma “manipulação” jornalística por parte do jornal, acabou sendo excluído da União de Democratas e Independentes (UDI).

Agência EFE