Últimas Notícias

Preparativos para velório e sepultamento de Campos começam no Recife

Os preparativos no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco, para o cerimonial do velório do ex-governador Eduardo Campos começam nesta quinta-feira (14). Assim que o corpo do político chegar ao Recife, a família decidiu fazer uma missa campal de corpo presente, na frente do Palácio. A área será interditada ainda nesta quinta-feira.

Iniciados os preparativos para funeral de Eduardo Campos no Palácio do Campo das Princesas.
Iniciados os preparativos para funeral de Eduardo Campos no Palácio do Campo das Princesas.

O secretário de imprensa do Governo de Pernambuco, Ivan Maurício, disse que ainda não há previsão exata da chegada dos corpos das vítimas pernambucanas ao Recife.  De acordo com o secretário, o traslado pode ocorrer no período entre 24 horas e 72 horas. A assessoria está trabalhando para divulgar um cronograma oficial ainda nesta quinta-feira.

Sepultamento – Funcionários da Prefeitura do Recife começaram na manhã desta quinta-feira a preparar o cemitério de Santo Amaro, no centro da cidade, para o enterro do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), que morreu no dia anterior (13) num acidente aéreo.

Campos será enterrado no mesmo túmulo onde estão os copos do ex-governador Miguel Arraes (1916-2005), avô do presidenciável, Carlos Augusto Arraes (1950-2010), irmão dele.

O enterro ainda não tem data prevista para acontecer porque depende da coleta dos restos mortais das vítimas do acidente. Os túmulos no entorno do de Arraes estão mal conservados e por isso recebem às pressas uma mão de tinta.

Por enquanto ainda não grande movimentação no local. Pela manhã, apenas o agricultor e servente aposentado José Rosa de Santana, 69, que se diz devoto de Arraes visitava o túmulo, rotina que cumpre todos os meses desde que o avô de Campos morreu.

“Gostava de Eduardo. Fiquei assustado quando soube, minha pressão subiu. Ele era jovem e uma boa pessoa”, afirmou Santana, que se disse eleitor de toda a família de Arraes. Depois de ir ao velório e ao enterro de Arraes, ele disse que pretende fazer o mesmo com as cerimônias de Campos.

Folhapress