Últimas Notícias

MG – Homem é suspeito de estuprar sobrinha de 6 anos e culpa a vítima

MG - Homem é suspeito de estuprar sobrinha de 6 anos e culpa a vítima
MG – Homem é suspeito de estuprar sobrinha de 6 anos e culpa a vítima

Um homem de 33 anos foi detido suspeito de estuprar a sobrinha de 6 anos em Eugenópolis, na Zona da Mata, em Minas. Ele foi preso na madrugada deste sábado (23) e negou o crime. Na versão do suspeito, a menina  teria passado a mão em seu pênis. O suspeito foi ouvido e liberado. Um inquérito da Polícia Civil será aberto para apurar o caso.  

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), há cinco meses, os pais da criança foram morar no Rio de Janeiro e a garota ficou morando com a tia paterna. Já que os pais teriam alegado que não teriam com quem deixar a criança. Neste fim de semana, eles foram para Eugenópolis visitar a família. Ao chegar, eles ficaram surpresos quando souberam pela própria filha que ela havia sido abusada.

Na versão da menina, o companheiro da sua tia teria pedido que ela acariciasse o órgão sexual dele. Em seguida, o suspeito teria tocado com dois dedos na vagina da criança. A menina não informou quando os abusos teriam acontecido.

A vítima foi levada para o Pronto-Socorro de Muriaé e passou por exames, que não constataram sinais da suposta violência sexual. Mesmo com o resultado sendo negativo, o médico plantonista, de acordo com a polícia, disse que a paciente apresentava vermelhidão nas partes íntimas.

Ao ser abordado em casa, o homem negou que tivesse abusado da sobrinha. Ele disse aos policiais que, há duas semanas, estava deitado em sua cama e a menina acariciou seu pênis. O suspeito chegou a repreendê-la dizendo que aquilo que ela havia feito era errado.

Todos os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Plantão de Muriaé. Por meio da assessoria de plantão da Polícia Civil, o delegado de plantão do município, declarou que como os exames médicos não constataram o abuso o tio da criança foi ouvido e liberado. No entanto, o caso será passado ao delegado de Eugenópolis, onde o suposto crime teria acontecido, e um inquérito será aberto para apurar o caso.