Últimas Notícias

Eleições 2014 – Dilma rebate Marina e diz que Brasil precisa de cuidado nas obras públicas

Eleições 2014 - Dilma rebate Marina e diz que Brasil precisa de cuidado nas obras públicas
Eleições 2014 – Dilma rebate Marina e diz que Brasil precisa de cuidado nas obras públicas

Apresentada como uma “gerentona” na campanha de 2010, a presidente Dilma Rousseff (PT) rebateu as críticas da ex-senadora Marina Silva (PSB/Rede), também candidata ao Planalto, de que o Brasil não precisa de um “gerente”, mas de alguém que tenha visão estratégica para o País. “Quando se tem visão estratégica e trabalho em equipe, a gente consegue os melhores gerentes”, disse Marina no sábado (23).

Nesse domingo (24), Dilma classificou a declaração como uma “temeridade”. “Essa história de que não precisa ter um cuidado na execução de suas obras é uma temeridade”, afirmou. “É quem nunca teve experiência administrativa e portanto não sabe que é fundamental, num país com a complexidade do Brasil, dar conta de tudo”, alfinetou.

A petista também disse, sem citar nomes, que tem gente confundindo o papel de um presidente com o de rainha, que só tem representação. “O chefe do Poder Executivo tem obrigações claras pela Constituição, não é questão de ser gerente ou não. Isso é uma visão tecnocrática do problema, um presidente é executor”, disse Dilma.

A última pesquisa divulgada pelo Datafolha há uma semana mostrou Marina à frente de Dilma na simulação de segundo turno. A ex-senadora apareceria com 47%, contra 43% da presidente. A margem de erro era de 2%.