Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Eleições 2014 – Roberto e Erasmo Carlos decidem processar Tiririca

Os cantores e compositores Roberto Carlos e Erasmo Carlos decidiram processar o palhaço Tiririca, deputado federal pelo PR-SP e candidato à reeleição. Em sua propaganda eleitoral, Tiririca veiculou uma paródia da música “O Portão”, composta pela dupla.

Eleições 2014 - Roberto e Erasmo Carlos decidem processar Tiririca
Eleições 2014 – Roberto e Erasmo Carlos decidem processar Tiririca

A letra original da música diz “Eu voltei, agora pra ficar, porque aqui, aqui é o meu lugar”. Na propaganda, a letra é alterada para “Eu votei, de novo eu vou votar. Tiririca, Brasília é o seu lugar”. O candidato aparece vestido de branco e repete a expressão “bicho”, usada com frequência por Roberto Carlos. O candidato também aparece segurando um bife, referência à propaganda da marca de carnes Friboi estrelada por Roberto.

Segundo José Diamantino Alvarez Abelenda, advogado da Sony Music a petição inicial está sendo formulada por ele junto com representantes dos dois compositores. Será pedida indenização por uso da imagem e pelo uso da canção, além de indenização por danos morais pela conotação com que a música foi usada, com finalidade eleitoral.

O valor da indenização não será sugerido – os autores pedirão que o juiz arbitre a quantia que julgar adequada, caso Tiririca seja condenado. A ação deve ser proposta até o final desta semana, segundo o advogado. A reportagem procurou a assessoria de Tiririca, que não havia se manifestado até as 18h30 desta segunda-feira.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)