Publicidade

Inicio » Minas Gerais » MG – Servidores do Judiciário Federal fazem greve em toda Minas Gerais

MG – Servidores do Judiciário Federal fazem greve em toda Minas Gerais

Os servidores do Judiciário Federal iniciaram, nessa segunda-feira (8), uma greve em toda Minas Gerais. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal do Estado de Minas Gerais (Setraemg), os servidores querem que seja aprovado Projeto de Lei nº7920/2014, que garante a revisão salarial da categoria. 
 
MG - Servidores do Judiciário Federal fazem greve em toda Minas Gerais
MG – Servidores do Judiciário Federal fazem greve em toda Minas Gerais

Funcionários do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Varas Federais, Justiça Trabalhista, entre outros órgãos, já aderiram à paralisação que não tem prazo para terminar. Nesta quarta-feira (10), os servidores fizeram uma manifestação, em frente ao prédio do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT/MG), na rua Mato Grosso, região central de Belo Horizonte. 

 
De acordo com o Setraemg, os servidores reivindicam a aprovação do Projeto de Lei para ainda este ano, além da inclusão da verba destinada à sua implementação Projeto Lei Orçamentária Anual (PLOA), para pagamento da primeira parcela em 2015.
 
“São oito anos de defasagem salarial. Não dá mais para esperar. A pressão deve ser total: sobre o Executivo, o Judiciário e o Legislativo (sobre este, pela aprovação do PL 7920/14 e pela manutenção da verba da revisão salarial no Projeto de Lei Orçamentária Anual)”, diz texto divulgado pelo Setraemg.

Leia Também

Acesse agora as promoções de passagens de aéreas nos voos de Montes Claros para SP e Porto Seguro

* Por: da redação - 21 de setembro de 2018. Nesta sexta-feria (21/09) é possível …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).