Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Política » Eleições 2018 » Eleições 2014 – Campanha do PT quer cassar Marina

Eleições 2014 – Campanha do PT quer cassar Marina

A campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff prepara uma ação judicial contra a candidata do PSB, Marina Silva, por suposto caixa 2 no uso do avião Cessna Citation, pelo então candidato socialista à Presidência, Eduardo Campos, morto num acidente aéreo em agosto.

Eleições 2014 - Campanha do PT quer cassar Marina
Eleições 2014 – Campanha do PT quer cassar Marina

Ainda não está definido, porém, quando a ação será formalizada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O embasamento da ação deve ser o artigo 30A da Lei 9.504, que estabelece normas para as eleições, e prevê cassação de candidatura, caso sejam comprovados captação ou gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais.

Os petistas devem citar na ação que o PSB afirmou que o avião teria sido doação. Nesse caso, só haveria três doadores possíveis, todos vedados pela lei. Um seria a própria Cessna, que não poderia fazer doação, por ser empresa estrangeira. Outro seria a AF Andrade, em nome de quem estava registrada a aeronave, e que está em recuperação judicial, o que também não é permitido. E, por último, os empresários pernambucanos Apolo Santana Vieira e João Carlos Lyra. Nesse caso, também haveria irregularidade, porque pessoas físicas não podem doar mais do que R$ 50 mil.

Indenização

Acidente. Os donos do avião que caiu com o candidato à Presidência Eduardo Campos procuraram as famílias donas dos imóveis danificados no acidente para tentar acordos extrajudiciais.

Leia Também

Técnicos da Emater-MG participam de capacitação para trabalhos com povos e comunidades tradicionais no Norte de Minas

Técnicos da Emater-MG participam de capacitação para trabalhos com povos e comunidades tradicionais no Norte de Minas

* Por: Jornal Montes Claros - 16 de junho de 2018. Técnicos da Emater-MG participam …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).