OI TOTAL COM FIBRA

Eleições 2014 - Dilma tem 39%, Marina 31% e Aécio 15%, diz pesquisa Ibope/CNI | Jornal Montes Claros
Inicio » Política » Eleições 2018 » Eleições 2014 – Dilma tem 39%, Marina 31% e Aécio 15%, diz pesquisa Ibope/CNI

Eleições 2014 – Dilma tem 39%, Marina 31% e Aécio 15%, diz pesquisa Ibope/CNI

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira mostra ampliação da vantagem da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, diante de sua principal adversária, Marina Silva (PSB). Dilma oscilou de 37% para 39% e Marina foi de 33% para 31%; dessa forma, as duas saíram da situação de empate técnico. O candidato do PSDB, Aécio Neves, manteve os 15% pontuados na semana passada.

Eleições 2014 - Dilma tem 39%, Marina 31% e Aécio 15%, diz pesquisa Ibope/CNI
Eleições 2014 – Dilma tem 39%, Marina 31% e Aécio 15%, diz pesquisa Ibope/CNI

Pastor Everaldo (PSC) tem 1% dos votos, também o mesmo índice alcançado na última sondagem. Os outros candidatos, somados, têm 1%, ante 2% no levantamento anterior. Brancos e nulos são 8%, ante 7% na sondagem anterior, e indecisos somaram 5%.

Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados os nomes dos candidatos, Dilma aparece com 35% das intenções de voto, seguida de Marina, com 23%, e de Aécio, com 12%. Outros somam 1%, brancos e nulos são 11% e não sabem ou não responderam somam 19%.

A pesquisa Ibope contratada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) entrevistou 2.002 eleitores em 144 municípios de todo o País entre os dias 5 e 8 de setembro. A margem de erro máxima é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, em um nível de confiança estimado de 95%. Ou seja, se fossem feitas 100 pesquisas idênticas a esta, 95 deveriam apresentar resultados dentro da margem de erro. A pesquisa foi registrada na Justiça eleitoral com o número BR-00593/2014. O último levantamento Ibope, da semana passada, foi encomendado pelo Estado e pela Rede Globo.

Agência Estado

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).