PUBLICIDADE



Fenics 2017
Inicio » Economia » Jack Ma, fundador do Alibaba, é o homem mais rico da China‎

Jack Ma, fundador do Alibaba, é o homem mais rico da China‎


Reviewed by:
Rating:
5
On 23 de setembro de 2014
Last modified:23 de setembro de 2014

Summary:

Jack Ma, fundador do Alibaba, é o homem mais rico da China‎

A entrada na Bolsa de Nova York do grupo chinês de comércio on-line Alibaba transformou seu fundador, Jack Ma, no homem mais rico da China, com uma fortuna avaliada em 25 bilhões de dólares. O Alibaba protagonizou na sexta-feira (19) em Wall Street a maior entrada na Bolsa da história, com a capitação de 25 bilhões de dólares e uma alta de 38,07% na primeira sessão.

Revista chinesa Hurun calcula a fortuna total do empresário em 25 bilhões de dólares, o que faz dele o homem mais rico do país
Revista chinesa Hurun calcula a fortuna total do empresário em 25 bilhões de dólares, o que faz dele o homem mais rico do país

Jack Ma embolsou mais de 800 milhões de dólares com a venda de parte de suas ações como parte da entrada do Alibaba na Bolsa. Ao mesmo tempo, a participação de 7,8% que mantém no grupo está avaliada em mais de 17 bilhões de dólares. A revista chinesa Hurun calcula a fortuna total do empresário em 25 bilhões de dólares, o que faz dele o homem mais rico do país.

No ano passado, a fortuna de Ma era calculada em quatro bilhões de dólares e ele não aparecia na lista dos 20 homens mais ricos da China. Outro cofundador do Alibaba, Simon Xie, também entrou na lista.

“Foi um ano excepcional para os principais magnatas chineses, apesar dos problemas da economia chinesa, atualmente em desaceleração”, afirma a revista, que destaca a espetacular ascensão dos empresários da economia digital. Cinco das 10 maiores fortunas do país estão vinculadas a internet ou novas tecnologias.

Jack Ma superou Wang Jianlin, presidente do conglomerado Wanda, que agora é o segundo homem mais rico da China, com uma fortuna de 24,2 bilhões de dólares, 7% a mais que no ano passado. Wang Jianlin mencionou o “esfriamento” do setor imobiliário na China, que registrou queda nos preços das novas moradias nos últimos quatro meses. A China tem agora 354 pessoas com fortuna superior a um bilhão de dólares, 39 a mais que no ano passado, de acordo com a revista Hurun.


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).