Publicidade

Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Americano processa clínica por ter acordado de calcinha após colonoscopia

Americano processa clínica por ter acordado de calcinha após colonoscopia

Um americano que havia se submetido a uma colonoscopia teve uma desagradável surpresa ao acordar da anestesia e ver que estava vestido com uma calcinha rosa, de acordo com os autos do processo contra uma clínica no estado de Delaware (oeste).

Americano processa clínica por ter acordado de calcinha após colonoscopia
Americano processa clínica por ter acordado de calcinha após colonoscopia

O autor da queixa, identificado pela imprensa local como Andrew Walls de 32 anos, resolveu processar o Delaware Surgery Center, em Dover, dois anos depois da realização do exame.

Durante o procedimento, realizado em 12 de outubro de 2012, o paciente foi anestesiado e, “quando acordou, percebeu que haviam colocado nele uma calcinha rosa”, indica a ata do julgamento.

A acusação considera que a conduta da clínica foi “além de todos os limites possíveis de decência ” e insiste que em nenhum momento o autor vestiu a calcinha rosa de forma intencional.

“Como resultado da conduta extrema e escandalosa dos acusados , os réus causaram, intencionalmente ou por negligência, uma grave angústia emocional no autor da queixa”, acrescenta.

Segundo consta na ata, Walls chegou a perder o emprego por causa da brincadeira de mau gosto.

A queixa foi apresentada na semana passada no Tribunal Superior de Delaware, no condado de New Castle.

A clínica Delaware Surgery Center não respondeu às tentativas de contato da AFP até o momento.

Leia Também

Transforme seu studio em um apartamento multifuncional

Transforme seu studio em um apartamento multifuncional

* Por: Jornal Montes Claros - 24 de setembro de 2018. A nova tendência de …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).