Publicidade

Inicio » Política » Eleições 2018 » Eleições 2014 – TSE corta 36 segundos de Dilma no rádio

Eleições 2014 – TSE corta 36 segundos de Dilma no rádio

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga, que mais cedo havia retirado 2min30s da propaganda de Aécio Neves (PSDB) na televisão, determinou também a retirada de 36 segundos da propaganda de Dilma Rousseff (PT) no rádio. O motivo da retirada de tempo foi uma paródia com a música “Oh, Minas Gerais”, ironizando o fato de os mineiros não terem dado uma vitória a Aécio Neves no primeiro turno. O ministro ainda mandou suspender a propaganda imediatamente.
Decisão se deu após uso de paródio de "Oh, Minas Gerais" para ironizar votação de Aécio no Estado
Decisão se deu após uso de paródio de “Oh, Minas Gerais” para ironizar votação de Aécio no Estado

Assim como nos casos anteriores, o ministro reiterou a nova jurisprudência do TSE, que definiu permitir apenas publicidades de cunho propositvo, ou seja, somente aquelas destinadas a transmitir ao eleitor o ideário de campanha do candidato.

“Ainda que a propaganda não utilize expressões grosseiras, foi elaborada num tom jocoso, com o claro propósito de enfuscar a imagem do primeiro representante (Aécio). Destoa ela, portanto, da nova orientação desta egrégia Corte”, disse o ministro na decisão.

Leia Também

Transforme seu studio em um apartamento multifuncional

Transforme seu studio em um apartamento multifuncional

* Por: Jornal Montes Claros - 24 de setembro de 2018. A nova tendência de …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Um comentário

  1. Dilma agora enfrenta dois Aécios , pois oTSE entrou tambem no pareo, o desespero e tão grande que não dá nem pra disfarçar