OI TOTAL COM FIBRA
Inicio » Política » Eleições 2018 » Eleições 2014 – Homem ateia fogo em urna eletrônica em Porteirinha

Eleições 2014 – Homem ateia fogo em urna eletrônica em Porteirinha

Um homem de 42 anos foi preso por atear fogo em uma urna eletrônica na seção eleitoral em que vota, na Escola Estadual Miguel José da Cunha, em Porteirinha, no Norte de Minas. O crime foi por volta das 10 horas, neste domingo (26).

Eleições 2014 - Homem ateia fogo em urna eletrônica em Porteirinha
Eleições 2014 – Homem ateia fogo em urna eletrônica em Porteirinha

Segundo informações da Polícia Militar, João Milton Pereira entrou na seção com um garrafinha de refrigerante, contendo gasolina, e ateou fogo na urna.

Ainda segundo a polícia, ele já havia colocado fogo na sala de espera da agência da delegacia do INSS de Porteirinha, em 2013.

De acordo om informações da assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, 67 pessoas já haviam votado na urna. A mídia onde os dados ficam armazenados não sofreram danos, foi retirada e imediatamente colocada em outra urna. A votação continua normalmente.

Ainda segundo o TRE, o homem que ateou fogo na urna pode responder pelo crime de ”promover desordem que prejudique trabalhos eleitorais”, com detenção de até dois meses e pagamento de multa. Ele foi preso em flagrante.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).