Últimas Notícias

Após eleição, governo afirma que dará incentivos à economia

Horas depois de Dilma Rousseff anunciar medidas para impulsionar a economia, em discurso após o confirmar sua reeleição para a Presidência da República, o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Paulo Rogério Caffarelli respondeu hoje positivamente às perguntas de repórteres sobre a aprovação de novas medidas de apoio à indústria.

Analistas e investidores mantiveram em 0,27% a expectativa de crescimento da economia para 2014
Analistas e investidores mantiveram em 0,27% a expectativa de crescimento da economia para 2014

“Que medidas para a indústria (brasileira)?”, indagaram os jornalistas. “Teremos várias”, disse Caffarelli.

O boletim semanal Focus, divulgado hoje pelo Banco Central, informa que analistas e investidores mantiveram em 0,27% a expectativa de crescimento da economia para 2014. Para Caffarelli, apesar das previsões do mercado não há razões para pessimismo.

“Podemos esperar que a economia ficará cada vez melhor”, acrescentou.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, também demonstrou bom humor ao se dirigir aos jornalistas, durante a chegada hoje pela manhã ao seu gabinete: “Ainda estou rouco de tanto aplaudir (sic)”, disse, referindo-se à vitória da presidenta Dilma Rousseff.