Últimas Notícias

Finados – Perspectiva dos mortos é de festa, diz vidente

Depois do Dia das Bruxas e de Todos os Santos, hoje é Finados, momento para relembrar, celebrar e homenagear os mortos com amor.  No México, país exuberante como as pimentas, onipresentes na culinária local, a festa é de arromba. Com um pouquinho de boa vontade dá para compará-la ao nosso Carnaval. Risos, brincadeiras, bailes, bebedeiras. Pelas ruas uma alegria geral: intensa troca humana, fantasias de esqueleto e as famosas caveirinhas de açúcar que deixam as crianças enlouquecidas, correndo para lá e para cá, procurando mais e mais docinhos.

O México comemora o Dia dos Mortos com caveiras coloridas
O México comemora o Dia dos Mortos com caveiras coloridas

Que postura interessante essa, carpe diem (aproveite o dia que passa!). Nada de choro ou ranger de dentes. Os mortos são lembrados e homenageados com hedonismo, numa celebração de vida. A data não é pesada, ao contrário, está recheada de coisas agradáveis.