Últimas Notícias

F1 – Felipe Massa confia na evolução do carro e sonha em vencer

Felipe Massa admitiu nesta quinta-feira que é coadjuvante neste GP do Brasil, que será disputado no próximo domingo. Mas não deixou de mirar alto no Autódromo de Interlagos, onde já obteve grandes vitórias na Fórmula 1 e em outras categorias. O piloto brasileiro aposta na boa evolução da Williams ao longo da temporada para buscar o pódio e até sonhar com a vitória.

F1 - Felipe Massa confia na evolução do carro e sonha em vencer
F1 – Felipe Massa confia na evolução do carro e sonha em vencer

“Não podemos nos esquecer do quanto nossa equipe cresceu desde a primeira prova. Eu diria que foi o time que mais evoluiu durante o campeonato”, afirmou Massa, em Interlagos. “A Williams mudou completamente desde o início, mudamos a organização, a mentalidade e ainda temos espaço para melhorar mais. Eu realmente acredito no potencial desta equipe de brigar por vitórias.”

O próprio Massa mostrou grande evolução durante o ano. Após ser superado pelo companheiro Valtteri Bottas nos primeiros treinos e provas da temporada, o brasileiro reagiu nesta segunda metade do campeonato. Único a desbancar a Mercedes no grid – levou a pole position no GP da Áustria -, subiu ao pódio em Monza, na Itália.

“Eu perdi algumas oportunidades durante o campeonato. Não pude terminar algumas corridas por motivos diferentes”, disse, lembrando de problemas técnicos e batidas, causadas por rivais, que lhe custaram três abandonos. “Agora as coisas melhoraram para mim. Acho que ainda podemos fazer boas corridas.”

Para manter este crescimento na temporada, o brasileiro conta com o bom retrospecto no Brasil. “É um circuito clássico para mim, tenho grandes resultados aqui, duas vitórias, quase três, eu diria”, afirmou, referindo-se ao triunfo que abriu mão em 2007 para a consagração do então companheiro de Ferrari Kimi Raikkonen, que brigava pelo título. “Sempre gostei deste traçado ganhei muitas corridas aqui antes da Fórmula 1”, recordou.

Em clima de nostalgia, Massa lembrou do início da sua trajetória no automobilismo. “Comecei minha carreira aqui, do outro lado do muro. Gosto deste lugar, da energia que sinto aqui. Estou ansioso para ter um fim de semana fantástico. Espero que nosso carro possa ser aqui tão competitivo quanto foi nas outras pistas. Vamos tentar aproveitar cada oportunidade para ter uma grande corrida aqui.”

As chances do brasileiro, contudo, são baixas, a não ser que a previsão de tempo se confirme e a chuva deixe a prova de domingo mais agitada. O inglês Lewis Hamilton e o alemão Nico Rosberg, quase imbatíveis neste ano, protagonizam o grande duelo pelo título. O troféu não será decidido em São Paulo, mas uma vitória de Hamilton deixaria o bicampeonato bem encaminhado para a última prova do ano, em Abu Dabi.