Últimas Notícias

Europa – França inaugura memorial das vítimas da Primeira Guerra Mundial

O presidente francês, François Hollande, concluiu nesta terça-feira (11) um ano de cerimônias oficiais de recordação da Primeira Guerra Mundial com a inauguração de um memoria com os nomes de 579.606 soldados que morreram no conflito.

Inauguração acontece em 11 de novembro, data em que a França recorda o armistício que acabou com o conflito em 1918
Inauguração acontece em 11 de novembro, data em que a França recorda o armistício que acabou com o conflito em 1918

A inauguração acontece em 11 de novembro, data em que a França recorda o armistício que acabou com o conflito em 1918.

Hollande visitará durante a tarde o cemitério de Notre-Dame de Lorette, norte da França, onde inaugurará o memorial chamado “Anel da Memória”, que exibe os nomes dos soldados, sem distinção de nacionalidade ou de religião.

Durante todo o ano, Hollande esteve muito presente nos atos de recordação da Primeira Guerra Mundial, mas segundo o jornal Le Monde não conseguiu convencer a chanceler alemã Angela Merkel nem o primeiro-ministro David Cameron para que participassem nas cerimônias nesta terça-feira.

O Anel da Memória será inaugurado em uma cerimônia internacional na presença de ministros de vários países e tem o objetivo de reunir os nomes dos solados de todas nacionalidades em uma “fraternidade póstuma”.

Os nomes dos soldados britânicos são maioria, com 241.214, a maioria enterrados nos cemitérios militares do norte da França. Em seguida estão os alemães (173.876) e franceses (106.012).

O monumento reúne em ordem alfabética os nomes de soldados de quase 40 países, também os das ex-colônias.