Últimas Notícias

Desvios na Petrobras podem chegar a R$ 21 bilhões

As perdas na Petrobras com os desvios na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, podem chegar a R$ 21 bilhões, avalia o banco americano Morgan Stanley. Segundo informações publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo, o banco foi um dos primeiros a divulgar uma estimativa a investidores sobre os desvios.

Assim como o Morgan Stanley, banncos estão fazendo cálculos após a Petrobras admitir que terá de reduzir o valor de seus ativos caso sejam confirmadas as denúncias de corrupção
Assim como o Morgan Stanley, banncos estão fazendo cálculos após a Petrobras admitir que terá de reduzir o valor de seus ativos caso sejam confirmadas as denúncias de corrupção

O Morgan Stanley fez suas estimativas com base nas informações dadas pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto da Costa de que as propinas chegam a 3% do que foi investido pela petroleira nos últimos anos. Com uma margem de erro, o banco considerou perdas de 1% a 5%, o que equivalem a desvios contábeis entre R$ 5 bilhões e R$ 21 bilhões.

Os bancos estão fazendo os cálculos após a Petrobras admitir que terá de reduzir o valor de seus ativos caso sejam confirmadas as denúncias de corrupção. Analistas também têm alertados investidores para a redução no pagamento de dividendos este ano e retirado a recomendação para compra de ações da petroleira.