Publicidade

Inicio » Internacional » Oriente Médio – Dirigente palestino morre após ser agredido por soldados israelenses

Oriente Médio – Dirigente palestino morre após ser agredido por soldados israelenses

Um ministro palestino morreu pouco depois de ser atingido por soldados israelenses durante um protesto nesta quarta-feira (10) na Cisjordânia ocupada, disseram um médico e um fotógrafo. Ziad Abu Ein, funcionário da Autoridade Palestina para assuntos vinculados à colonização israelense, foi agredido por soldados israelenses que dispersavam uma manifestação em Turmusiya, próximo a Ramallah, contra os assentamentos judaicos.

Abu Ein foi atingido e levado às pressas em uma ambulância, mas não resistiu
Abu Ein foi atingido e levado às pressas em uma ambulância, mas não resistiu

O presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, disse que a morte de Abu Ein foi “um ato bárbaro sobre o qual não podemos ficar em silêncio”. Abbas anunciou três dias de luto nacional e disse que tomaria as medidas necessárias após uma investigação. Os militares de Israel estão analisando o caso, segundo uma porta-voz.

Cerca de cem ativistas estrangeiros e palestinos, assim como o Comitê para Resistir aos Assentamentos e ao Muro, organização de protesto chefiada por Abu Ein, iriam plantar oliveiras e protestar perto de um assentamento israelense quando foram parados pelos soldados. Um grupo de cerca de 15 soldados israelenses disparou gás lacrimogêneo contra os manifestantes e começaram os confrontos.

Abu Ein foi atingido e levado às pressas em uma ambulância, mas não resistiu. As tensões entre palestinos e judeus aumentaram nas últimas semanas. Um total de dez israelenses morreram em ataques palestinos. No mesmo período, mais de uma dúzia de palestinos foram mortos, incluindo a maior parte dos suspeitos pelos ataques.

Leia Também

Transforme seu studio em um apartamento multifuncional

Transforme seu studio em um apartamento multifuncional

* Por: Jornal Montes Claros - 24 de setembro de 2018. A nova tendência de …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *