OI TOTAL COM FIBRA

Ásia - Japão detecta foco de gripe aviária e sacrifica 4 mil frangos | Jornal Montes Claros
Inicio » Internacional » Ásia » Ásia – Japão detecta foco de gripe aviária e sacrifica 4 mil frangos

Ásia – Japão detecta foco de gripe aviária e sacrifica 4 mil frangos

As autoridades japonesas ordenaram nesta terça-feira (16) o sacrifício de 4 mil frangos na região oeste do país, depois da confirmação de um novo foco de gripe aviária, o primeiro detectado desde abril.

Ásia - Japão detecta foco de gripe aviária e sacrifica 4 mil frangos
Ásia – Japão detecta foco de gripe aviária e sacrifica 4 mil frangos

Os exames realizados com mostras obtidas em uma granja de Miyazaki (na ilha meridional de Kyushu) demonstraram a presença de uma cepa do vírus H5, depois que o proprietário do estabelecimento informou a morte súbita de 20 frangos entre domingo e segunda-feira.

O governo decidiu sacrificar todos os frangos da granja afetada. Este é o primeiro fogo de gripe aviária detectado no país desde o primeiro semestre. Em novembro, no entanto, aves selvagens portadoras do vírus foram encontradas no sudoeste do Japão.

Como é norma, as autoridades estabeleceram um perímetro sanitário ao redor da granja contaminada, com a proibição absoluta de transportar aves na região. Os veículos que circulam na área passam por um processo de desinfecção.

As autoridades japonesas advertem com regularidade os criadores de aves por causa da persistência da doença na Ásia. Em abril, também no sudoeste do país, foram sacrificados 112.000 frangos pela mesma causa.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *