Inicio » Mais Seções » Ciência » Pesquisa de fertilidade masculina da UFMG busca voluntários

Pesquisa de fertilidade masculina da UFMG busca voluntários


Reviewed by:
Rating:
5
On 28 de janeiro de 2015
Last modified:28 de janeiro de 2015

Summary:

Pesquisa de fertilidade masculina da UFMG busca voluntários

Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) busca por 300 jovens do sexo masculinos, com idades entre 18 e 23 anos, para serem voluntários em uma pesquisa de fertilidade dos homens de Belo Horizonte.
Pesquisa de fertilidade masculina da UFMG busca voluntários
Pesquisa de fertilidade masculina da UFMG busca voluntários

A pesquisa é feita pelo Laboratório de Biologia Celular do Instituto de Ciências Biológicas (ICB), em parceria com o Laboratório de Reprodução Humana do Hospital das Clínicas da Universidade. Os candidatos devem ser moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte e precisarão doar o sêmen.

Para se cadastrar ou buscar mais informações, os interessados devem ligar para os telefones (31) 3409-2780 e 8554-1147 e enviar um para e-mail bonsfluidospodemgerarvida@gmail.com. A pesquisa é coordenada pelo pesquisador Luiz Renato de França, pesquisador do CNPq e diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). O projeto conta com o respaldo do Comitê de Ética em Pesquisa da UFMG.
Segundo a UFMG, o projeto é originado da Universidade de Copenhague (Dinamarca) e hoje se encontra espalhado por diversos países no mundo. Os resultados dessas pesquisas mostram a grande redução da qualidade do sêmen dos homens jovens em diversos países, como Dinamarca, Noruega, Finlândia, Alemanha, França, Espanha, Nova Zelândia e diversos outros.
Empregando-se a mesma metodologia de pesquisa, o objetivo dos pesquisadores da UFMG é investigar o possível declínio da qualidade do sêmen de homens jovens brasileiros, começando pela cidade de Belo Horizonte (Região Metropolitana de Belo Horizonte). Pretende-se ainda avaliar as possíveis causas dessa provável infertilidade. Estudos mostram a influência dos hábitos de vida, alimentação e até mesmo a presença de poluentes considerados desreguladores endócrinos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



EV SSL Certificate