Inicio » Mais Seções » Saúde » Saúde – Campanha de vacinação contra poliomielite começa no dia 15 de agosto

Saúde – Campanha de vacinação contra poliomielite começa no dia 15 de agosto


Reviewed by:
Rating:
5
On 11 de agosto de 2015
Last modified:11 de agosto de 2015

Summary:

Saúde - Campanha de vacinação contra poliomielite começa no dia 15 de agosto

Serão vacinadas, gratuitamente, as crianças de seis meses de idade até quatro anos, 11 meses e 29 dias.

Saúde - Campanha de vacinação contra poliomielite começa no dia 15 de agosto
Saúde – Campanha de vacinação contra poliomielite começa no dia 15 de agosto

.

Em 2015, a Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite acontece no período de 15 a 31 de agosto. Todas as crianças de seis meses de idade até quatro anos, 11 meses e 29 dias devem ser vacinadas. O objetivo é imunizar 95% das crianças na faixa etária da campanha, mantendo o país livre da doença. A vacina é gratuita e é disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todas as Unidades Básicas de Saúde do estado.

.

.

A coordenadora de Imunização da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Tânia Brant, explica que desde 1989 o Brasil não registra nenhum caso de poliomielite. No entanto, outras regiões do mundo ainda convivem com o vírus e, por isso, a vacinação é fundamental.

“Mesmo que o Brasil não tenha mais casos da doença, outros países ainda convivem com a poliomielite, principalmente na África e na Ásia. Por causa do fluxo de turistas é fundamental vacinar todas as crianças brasileiras”, afirma.

.

.

No Brasil, existem 12.716.756 crianças na faixa etária a ser vacinada, enquanto Minas Gerais possui 1.161.989. A vacina que oferece proteção contra a poliomielite é segura e eficaz, não havendo contraindicações à vacinação.

Apenas as crianças portadoras de infecções agudas, com febre acima de 38ºC, com hipersensibilidade a algum componente da vacina ou que estejam em contato com pessoa imunodeprimida devem evitar a vacinação.

Para mobilizar pais, familiares e responsáveis a levarem as crianças para receber a vacina, a SES-MG contará com um contingente de cerca de 5 mil postos de saúde fixos e volantes.

Com a hashtag #VacinaPólio, a campanha de vacinação contra a doença será divulgada nas redes sociais. Além disso, foi criado um site (www.saude.mg.gov.br/vacinacao) em que o cidadão pode consultar informações sobre a vacina e a doença.

Neste ano, o Dia D de Vacinação poderá ser realizado em duas datas, no dia 15 ou 22 de agosto. Como no dia 15 é comemorado feriado religioso em algumas localidades, fica a critério de cada município a escolha entre as duas datas.

Em Belo Horizonte, o Dia D de Vacinação será realizado no dia 15 de agosto, com uma série de apresentações culturais voltadas para o público infantil na Praça JK.

Poliomielite

Também chamada de “paralisia infantil”, a poliomielite é uma doença contagiosa grave que atinge, principalmente, crianças de até cinco anos. A doença pode causar flacidez muscular nos membros inferiores, provocando paralisia.

Nas formas não paralíticas, os sintomas mais comuns são febre, mal estar, dor de cabeça, de garganta e no corpo, vômitos, diarreia, constipação, espasmos, rigidez na nuca e meningite.

A poliomielite pode ser transmitida por secreções expelidas pela boca de pessoas infectadas, ao falar ou tossir. A infecção também pode ocorrer através do contato com fezes de indivíduos infectados, por isso a transmissão é facilitada em locais com falta de saneamento e higiene.

“A única maneira de se prevenir da doença e impedir que o vírus volte a circular no Brasil é vacinando todas as crianças”, explica Tânia Brant.

Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia permanente ou transitória, principalmente nos membros inferiores. A deficiência motora instala-se subitamente e a evolução desta manifestação, frequentemente, não ultrapassa três dias.

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



EV SSL Certificate