Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Cunhada de Ana Hickmann continua no CTI

Giovana Alves de Oliveira foi baleada por Rodrigo Pádua, que tentou assassinar apresentadora. Ela respira sem aparelhos, mas inspira cuidados e continua sob riscos.

A assessora Giovana Alves de Oliveira permanece com risco de vida, conforme boletim médico divulgado na tarde desta segunda-feira pelo Biocor Instituto, em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A mulher foi baleada nesse sábado, durante atentado que a apresentadora Ana Hickman sofreu no Hotel Caesar Business.

Cunhada de Ana Hickmann continua no CTI
Cunhada de Ana Hickmann continua no CTI

 

Giovana, que é cunhada de Hickmann, está lúcida, consciente e respira sem ajuda de aparelhos. O hospital informa ainda que ela tem dados vitais e recebe visita de familiares. No entanto, permanece no Centro de Terapia Intensiva (CTI), pois “inspira cuidados e ainda sob riscos”.

Segundo versão da polícia,  Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, invadiu o quarto onde estavam a apresentadora, Giovana e o marido dela, Gustavo Henrique Bello. Lá, o homem manteve todos sob a mira de um revólver. Durante o tempo em que esteve na suíte, Pádua xingou a artista e atirou. Após os disparos, o fã e o cunhado de Ana entraram em luta corporal. Durante a briga, Bello baleou o homem por três vezes, sendo duas na nuca e uma no braço.

O disparo que atingiu Giovana Alves de Oliveira era direcionado à apresentadora da Rede Record, de acordo com o advogado da família, Maurício Bemfica. “Os tiros foram dados de cima para baixo e eram para a Ana. Ela, inclusive, estava com dificuldade de audição depois do atentado, porque uma das balas passou muito perto da cabeça dela”, afirmou o defensor.

A assesora a passou por uma cirurgia para tratar lesões intestinais e vasculares nesse domingo. O tiro entrou pelo ombro, passou pelo intestino e saiu pela perna.

Enterro

O corpo de Rodrigo Augusto de Pádua, fã que tentou matar Ana Hickmann, foi sepultado no Cemitério Municipal de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, na manhã desta segunda-feira (23).

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *