Inicio » Nacional » Rio de Janeiro – Polícia pede prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo de garota

Rio de Janeiro – Polícia pede prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo de garota


Reviewed by:
Rating:
5
On 27 de maio de 2016
Last modified:27 de maio de 2016

Summary:

Rio de Janeiro - Polícia pede prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo de garota

Rio de Janeiro – Polícia pede prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo de garota

A Polícia Civil do Rio de Janeiro solicitou a prisão preventiva de quatro suspeitos de estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos. Os suspeitos têm entre 18 e 41 anos e ainda não foram localizados. A menor foi vítima de um estupro coletivo em que pelo menos 30 homens participaram.

Segundo informações do jornal “O Globo”, ao sair do hospital, a garota disse que foi dormir na casa do namorado na sexta-feira (19/05/2016) e só acordou no domingo. “Quando acordei tinham 33 caras em cima de mim. Só quero ir para casa”, disse ela. Ainda muito abalado, o pai da menina contou que ela tinha ido em um baile na comunidade. “Ela foi num baile, prenderam ela lá e fizeram essa covardia. Bagunçaram minha filha. Quase mataram ela. Estava gemendo de dor. Ficou tão traumatizada que só conseguia chorar”.

O crime foi destaque na internet depois que um perfil de um dos homens divulgou um vídeo, no início da semana, mostrando a jovem, aparentemente dopada, com o corpo nu. Na gravação, dois homens dialogam, mas não aparecem. Um deles comenta: “essa aqui, mais de 30 engravidou. Entendeu ou não entendeu?”.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).