Inicio » Minas Gerais » Belo Horizonte » MG – Menina denuncia avô por estupro e é abandonada pelos pais

MG – Menina denuncia avô por estupro e é abandonada pelos pais


Reviewed by:
Rating:
5
On 31 de maio de 2016
Last modified:31 de maio de 2016

Summary:

MG - Menina denuncia avô por estupro e é abandonada pelos pais

MG – Menina denuncia avô por estupro e é abandonada pelos pais

Abusada pelo avô e abandonada pelos pais, uma garota, de 13 anos, está agora sob a guarda do Conselho Tutelar de Santa Luzia, na região metropolitana da capital.

Ela esteve na noite desta segunda-feira (30) na Delegacia de Plantão de Polícia Civil da cidade para denunciar o avô, de 65 anos, que teria abusado sexualmente dela pela segunda vez em menos de um mês.

MG - Menina denuncia avô por estupro e é abandonada pelos pais
MG – Menina denuncia avô por estupro e é abandonada pelos pais

 

Uma funcionária da escola em que a menina estuda, no bairro São Benedito, desconfiou do comportamento dela, e acionou a polícia. Na delegacia, a garota denunciou o estupro.

Além de ter o corpo violado em casa, a vítima ainda passou por uma abuso mental na delegacia. Acuada, não pôde contar com o apoio dos pais. “O pai alega que ela tem problema mental e que as denúncias são inverídicas, apesar do exame ter constatado o abuso”, afirmou o sargento Eduardo Ramos, da Polícia Militar.

A opinião do pai não convenceu o Conselho Tutelar. Por isso, a menina será levada para um abrigo e o caso agora é investigado pela Polícia Civil. O avô, que foi preso quando da primeira denúncia, no início do mês e foi solto por falta de provas, está foragido.

Estupros

Uma professora, de 30 anos, que estava na delegacia, comentou que esta situação constrange a vítima. “A  menina denuncia, e em vez de ser ajudada, preferem falar da saúde mental dela, e libertam o avô. Cultura machista é isso”, disse.

Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra como os dados de estupros são alarmantes. Segundo o instituto, uma mulher é estuprada a cada 11 minutos no Brasil, mas como muitos casos não são denunciados, o número pode ser de até um abuso por minuto.

Jovem inventa estupro coletivo

Enquanto umas lutam para ser ouvidas, outras brincam com a justiça. Também na noite desta segunda (30), na mesma delegacia, uma menina de 14 anos estava sendo ouvida após inventar que havia sido estuprada por até nove homens.

Na delegacia, porém, o delegado Marcelo Mendel descobriu outra história. Segundo ele, a menor fugiu de casa no fim de semana e fez sexo com vários homens, mas disse que foi estuprada por estar com vergonha dos pais.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



EV SSL Certificate