Inicio » Economia » Receita Federal libera segundo lote de restituição do Imposto de Renda

Receita Federal libera segundo lote de restituição do Imposto de Renda


Reviewed by:
Rating:
5
On 15 de julho de 2016
Last modified:15 de julho de 2016

Summary:

Receita Federal libera segundo lote de restituição do Imposto de Renda

Receita Federal libera segundo lote de restituição do Imposto de Renda

O lote inclui também restituições de 2008 a 2015 que tinham ficado na malha fina.

Receita Federal libera segundo lote de restituição do Imposto de Renda
Receita Federal libera segundo lote de restituição do Imposto de Renda

 

A Receita Federal libera no dia de hoje (15/07/2016) o pagamento do segundo lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2016.

O segundo lote contempla 1.490.266 contribuintes, que receberão no total cerca de R$ 2,5 bilhões.

Como abrange outros lotes, o crédito bancário será depositado para um total de 1.566.533 contribuintes, no valor de R$ 2,7 bilhões.

Desse total, R$ 951,6 milhões serão destinados a contribuintes que, por lei, têm preferência no recebimento da restituição. São 477.147 contribuintes idosos e 51.310 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita, ou ligar para o Receitafone, pelo telefone 146. Em ambos os casos é preciso ter em mãos o número do CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não resgatar o dinheiro no prazo, deverá fazer a requisição pela internet, por meio do formulário eletrônico “Pedido de Pagamento de Restituição”, ou diretamente no e-CAC, no serviço “Extrato do Processamento da DIRPF”.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deve ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, pelo telefone 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. Os valores restituídos são corrigidos pela taxa básica de juros, a Selic.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Positive SSL