Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas na rota do investimento em infraestrutura

Norte de Minas na rota do investimento em infraestrutura


Reviewed by:
Rating:
5
On 20 de abril de 2017
Last modified:20 de abril de 2017

Summary:

Norte de Minas na rota do investimento em infraestrutura

Norte de Minas na rota do investimento em infraestrutura

Norte de Minas na rota do investimento em infraestrutura
Norte de Minas na rota do investimento em infraestrutura

Evento desta quarta-feira (19/04/2017) reuniu players do mercado e do poder público, com o objetivo de mapear oportunidades de investimentos

“Será um marco histórico para nossa região. O prefeito de Bonito de Minas e presidente da Amams, Zé Reis, convidou toda a direção do Banco do Nordeste (BNB) e da Sudene para evento institucional e de negócios a ser realizado em Montes Claros, com o objetivo de atrair recursos de infraestrutura para os municípios da área de atuação dessas instituições estratégicas, gestoras do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE), além da integração com investidores de diversos setores, tanto brasileiros quanto estrangeiros. Conta com meu total apoio parlamentar”.

Convites especiais serão feitos ainda ao presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Junior, e ao presidente da Regional Norte – Fiemg e vice-prefeito de Montes Claros, Adauto Marques. O encontro mostrará aos empresários mineiros e de outros estados as oportunidades de negócios, linhas de crédito e incentivos existentes para novos investimentos no Norte do Estado. “A maioria deles não conhece esses mecanismos oficiais disponíveis”, destacou o deputado Gil Pereira.

As informações foram divulgadas pelo deputado Gil Pereira, que participou nesta quarta-feira (19/04/17), em Fortaleza (CE), do Fórum BNB de Infraestrutura, ao lado do presidente do Banco, Marcos Costa Holanda; do superintendente Estadual do Norte de Minas e do ES, João Nilton Castro Martins; do presidente da Câmara Brasil-China, Charles Tang; e de representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Solicitamos ao BNB recursos também para implantação e ampliação de usinas solares na região, como os projetos Pirapora 2 e 3 (expansões da Usina Solar de Pirapora), em parceria com BTG Pactual que prospecta oportunidades na região”, ressaltou o deputado Gil Pereira.

Luta

“Nossa luta é para conseguirmos juntos investimentos sempre com foco no desenvolvimento econômico e social da nossa região, incluindo as áreas de saneamento, abastecimento de água e convivência com a seca, energia (destaque para as renováveis solar e de biomassa) e estradas. Notícia importante também refere-se à disponibilidade de recursos do BNDES para aplicação no Norte de Minas”, destacou o deputado Gil Pereira. Lembrou ainda um dos principais itens debatidos no encontro de Fortaleza: o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que centraliza os projetos prioritários da área de concessão do governo federal.

Em 2017, o Banco do Nordeste dispõe de R$ 11,4 bilhões para investimentos em bens públicos de qualidade que promovam o bem-estar das comunidades desde o Nordeste Brasileiro até o Norte e Nordeste de Minas e Espírito Santo, além da competitividade das empresas, geração de energia, oferta de água e saneamento básico, telecomunicações e infraestrutura urbana.

O diretor de Negócios do BNB, Antônio Rosendo Neto Júnior, anunciou recentemente na Fiemg, em Belo Horizonte, que há R$ 1,1 bilhão de recursos disponíveis para o Norte de Minas em 2017, além de mais R$ 1 bilhão para aplicação específica em infraestrutura.

Na mesma ocasião, a importância de se mapear em detalhes as potencialidades regionais a fim de colocá-las em funcionamento foi ressaltada pelo diretor de Planejamento, Perpétuo Cajazeiras. “Completaremos 65 anos de fundação como maior banco de desenvolvimento regional da América Latina, com destaque para o volume de microcrédito produtivo (2,2 milhões de clientes ativos). Para 2017, orçamento de R$ 26,1 bilhões com recursos do FNE com reserva de infraestrutura (R$ 11,4 bilhões)”, explicou o executivo.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EV SSL Certificate