Últimas Notícias

Montes Claros – Sugerida campanha de conscientização para combater mosquito Aedes aegypti

Montes Claros – Sugerida campanha de conscientização para combater mosquito Aedes aegypti

A conscientização da população e, especialmente dos carroceiros, para evitar o descarte de entulho e resíduos sólidos, em locais inapropriados, foi o principal assunto em pauta na reunião dos representantes do Comitê Municipal de Mobilização Social de Combate à Dengue, desta sexta-feira (26), na sede da Secretaria Municipal de Saúde na avenida Dulce Sarmento, Bairro Monte Carmelo.

Montes Claros - Sugerida campanha de conscientização para combater mosquito Aedes aegypti
Montes Claros – Sugerida campanha de conscientização para combater mosquito Aedes aegypti

 

O objetivo é incentivar a população a denunciar tais irregularidades e orientar os carroceiros para que utilizem os 10 Centros de Apoio Simplificado para Carroceiros (CASCOS) instalados no perímetro urbano de Montes Claros. Desta forma, o combate aos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zica vírus e Febre Amarela, será mais eficaz, diminuindo os riscos de infestação.

Foi sugerida campanha educativa, através das contas emitidas pela Companhia de Saneamento e Abastecimento de Minas Gerais (Copasa), a criação de um disque denúncia e outros medidas emergenciais e pontuais. Será fortalecida a parceria entre as diversas secretarias municipais, principalmente as de Saúde, Serviços Urbanos e Meio Ambiente.

A próxima reunião será no dia 30 de junho, a partir das 8h30. O Comitê é composto por membros de instituições públicas e da sociedade civil, bem como empresas privadas. O objetivo principal dos encontros é mostrar índices e montar estratégias de combate ao mosquito.

Em março, foi realizado o Dia D, quando foram recolhidas mais de 700 toneladas de materiais inversíveis, numa ação que contou com apoio da iniciativa privada e da população. Na zona rural, trabalho desta espécie foi realizados nos distritos de São Pedro das Garças e Santa Rosa de Lima.

A população pode conseguir mais informações e fazer denúncias pelo disque Dengue (38) 3229 3369