Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Temer trabalha para ficar mais quatro meses no Planalto

Temer trabalha para ficar mais quatro meses no Planalto

O presidente Michel Temer definiu uma estratégia jurídica para tentar ter um desfecho favorável no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e traçou diferentes cenários nos quais poderia permanecer no cargo por pelo menos 120 dias.

Temer trabalha para ficar mais quatro meses no Planalto
Temer trabalha para ficar mais quatro meses no Planalto

 

O primeiro passo foi tentar devolver ao Ministério da Justiça o status perdido, com a escolha do jurista Torquato Jardim para comandar a pasta. O Planalto avalia que o respaldo do jurista resultará em um ambiente mais favorável no tribunal, onde Temer já tem aliados. Torquato Jardim é muito respeitado no setor jurídico e já foi advogado de vários partidos em questões eleitorais.

Em caso de cassação da chapa vencedora da eleição de 2014 e do mandato do presidente, Temer ganharia tempo com vários recursos e contaria com uma demora na decisão de chamar eleições indiretas.

Em encontros com aliados, o peemedebista avisou que vai recorrer caso a chapa seja cassada. “Essa situação pode levar uns 120 dias. E o Temer disse que é, sim, um democrata e que vai afirmar democraticamente os direitos de presidente”, disse um aliado que esteve no Palácio do Jaburu.

O Planalto aposta que o julgamento da chapa, marcado para o próximo dia 6, não vai terminar até o dia 8, conforme a previsão inicial. Há ainda a expectativa de que ministros peçam vista, apesar da pressão política por um desfecho rápido. Um dos ministros avaliou que o caso é “muito difícil e complexo” e que não se pode prever o que vai acontecer.