Últimas Notícias

Coluna do Aldeci Xavier – Pirâmide Kia

Coluna do Aldeci Xavier – Pirâmide Kia

Pirâmide Kia
A concessionária da Kia Motors em Montes Claros está sob nova direção. A empresa, que até então tinha como proprietário Paulo César Santiago, passou para as mãos do grupo formado pelos empresários Marcelo Miranda (Marcelo da Sorrisus), Felipe Afonso dos Anjos Neto (Felipe da Mediodonto) e Cássio Aquino (Cássio da Palimontes). Vale lembrar que a concessionária continua no mesmo endereço, na avenida Mestra Fininha.

Vereadores deputados

Se as candidaturas anunciadas forem confirmadas, a Câmara Municipal de Montes Claros apresentará, numa única eleição, o maior número de candidatos a deputado de sua história. Além do presidente da Casa, Cláudio Prates, que já se apresentou como pré-candidato a deputado federal, também já definiram que enfrentarão as urnas para disputar vaga na Assembleia Legislativa os vereadores Lêga Policial (PPS), Daniel Dias (PC do B) e Wilton Dias (PHS).

Paraquedistas
No próximo dia 2 de abril, entidades de classe de Montes Claros e de outras cidades da região voltam a se reunirem, na sede da Amams, para avançar a proposta da campanha de combate aos chamados candidatos paraquedistas, que são deputados de outras partes do estado que só comparecem ao Norte de Minas em período de eleição para buscar voto. Os encontros contam com a participação de integrantes da Fiemg-Norte, ACI, CDL, maçonaria, classe rural, além representantes da região de Salinas e Taiobeiras.

Saraiva ou Guedes
O ex-prefeito de São Francisco Luiz Rocha Neto (MDB) já avisou que pretende enfrentar as urnas este ano como candidato a deputado estadual. O mais provável é que, confirmando a decisão, ele deve deixar o MDB, buscando uma legenda que necessite de quantidade menor de voto para ser eleito. Independentemente de ser ou não eleito, o ex-prefeito ainda não manifestou publicamente qual candidato a deputado federal terá o seu apoio. É que historicamente sempre acompanhou o deputado Saraiva Felipe (MDB), mas como conseguiu emprego no Idene através de Paulo Guedes (PT). Fica a dúvida.

Silêncio
O silêncio do PT de Minas já começa a incomodar os próprios militantes, principalmente no interior do estado. É que a agremiação até agora não tem feito articulação e movimentação para a disputa majoritária. Sem anunciar o chamado plano B, o partido está dependendo da promessa de setores do MDB que defendem a reedição da coligação. Na capital, circulou a informação de que o governador Fernando Pimentel só será candidato se conseguir, até o meio do ano, vender as ações da Codemig e debêntures da Minas Gerais Investimento. Seria a única forma de quitar os débitos com os servidores, prefeituras e ainda dar início a várias obras licitadas e que tiveram ordem de serviço.

Plano B
Fonte ligada ao Palácio da Liberdade informou à coluna que o grupo do governador Fernando Pimentel não descarta a possibilidade de colocar em prática o plano B, que seria o chefe do Executivo continuar no cargo até o final do governo, lançando na disputa pela chefia do estado candidato que poderia ser inclusive do MDB. O certo em toda história é que hoje o PT está dependendo da movimentação das outras agremiações e em especial do MDB.

 

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier