Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Colunistas » Nilson Apollo » Coluna do Nilson Apollo – Nada será como antes… não se iluda!

Coluna do Nilson Apollo – Nada será como antes… não se iluda!

Coluna do Nilson Apollo – Nada será como antes… não se iluda!

Será sempre melhor…

O universo continua em expansão, fruto de uma explosão, debatida, discutida, acreditada ou não, por cientistas, místicos ou céticos. A causa dessa explosão, não saberei eu explicar, pois foge ainda de minha compreensão. Fato é que chegamos até aqui passando por ciclos e mais ciclos para sermos hoje o que somos. No meu ponto de vista, apesar da complexidade, tudo orquestrado por um poder criador de toda essa ordem cósmica, e nela se encontra um supremo propósito, aprimoramento e aperfeiçoamento de tudo. Enfim nascemos, vivemos e até então morremos… Fim? Creio que não….

Em nosso limitado pensamento, influenciado por nossa pouca memória existencial, às vezes temos a falsa sensação de que tudo era antes melhor.

Temos saudades da infância, das histórias vividas e talvez até inconscientemente da tranquilidade uterina onde nadávamos no amniótico conforto do ventre materno. Mas o avanço continua, após o nascimento adquirimos consciência, ou uma vaga consciência de quem somos nós, ou o que fazemos aqui, mas não sabemos o que virá depois. Será que é o fim? Ainda acho que não….

Se existe essa franca expansão cósmica, porquê insistimos em não querer ou temer o futuro e suas novidades? Não seria isso uma falta de confiança naquele que nos criou e organiza essa infinidade de seres e mundos?

Querer viver o passado não deixa de ser uma certa forma de medo, medo este que travam as aspirações e viabilidade de crescimento de grande parcela da humanidade…

Estamos muito acostumados com o presente, pois nos foi ensinado que o futuro a Deus pertence, e às vezes saudosos suspiramos por tempos em que supomos que a barbárie era menor (mentira), as famílias eram mais unidas (mentira) e havia mais inocência no ser-humano (mentira).

Em civilizações antigas sacrifícios humanos eram praticas corriqueiras, as guerras não tinham leis, vencia sempre o mais forte e mais sanguinário e diferentemente de hoje nada os impedia de cometer as maiores atrocidades possíveis. As famílias vendiam seus próprios filhos como escravos, grupos de nômades se espalhavam sobre a terra e entes queridos se distanciavam e nunca mais tinham notícias dos seus, isso há poucos anos atrás….

Como antigamente era melhor, e quem nos vendia essa ideia? A religião, os contadores de histórias e inimigos da evolução… Fato é que, avaliando hoje a história universal, temos plena certeza de que o evento pirotécnico ocorrido na gênese cósmico não foi em vão, estamos evoluindo, de uma forma ou de outra, chegando cada vez mais perto daquilo que muitos temem, o apocalipse, este termo grego que causa pânico aos ouvidos incautos, mas que na verdade significa simplesmente “revelação”, revelação de quê? De todo esse enredo onde fomos inseridos, que nada tem a ver com destruição ou morte, mas simplesmente com o desvendar dos mistérios até então escondidos dos semi – símios que erámos, ou seja, uma mudança de eras e um filtro evolutivo que nos libertará da modelagem de carbono e nos alçará a outras formas corpóreas e estilo de vida que nossa meninice de agora não nos permite vislumbrar.

Antes também tive medo de tudo isso, hoje aguardo ansiosamente pelo descortinar de disso que ainda julgo ser tudo, ou máxima verdade…

 Estamos melhorando no sentido universal, e todos caminhando para essa transição. Querer voltar ao passado seria retroagir o amadurecimento da humanidade em milhões ou bilhões de anos, coisa que nunca vai acontecer, pois o CRIADOR não perde tempo e nem nos permitirá voltarmos ao nosso éden particular…

Sigamos em frente, evoluindo, crescendo, nos constituindo do “modus vivendis” de um novo mundo que há de vir a cada dia, onde muitos também chamam de novo reino, onde existirá plena justiça e paz… Renovemos nossas mentes, abandonemos os rituais, desçamos de nossas arvores e saiamos de nossas escuras cavernas mentais e avancemos.

Pensem na pessoa de nosso Cristo, sábio, inteligente, avançado e revelador, transfigurado em vez de alguém triste, magro e sofrido, e questione, quem e como na verdade era ele… será que ainda hoje ele teria que se apresentar para a humanidade como alguém esquálido e sofrido para que fosse compreendido? Será que ainda hoje ele teria que usar parábolas para que nós em pleno século XXI o entendêssemos?     Será que ele quer de você somente rituais e envolto em norma se regras que lhe sirvam como grilhões e mordaças? Eu me recuso a acreditar nisso…. Espero ansiosamente pelo próximo capítulo, quero saber qual será o próximo desafio e tratamento sob o qual hei de passar para que não perca essa etapa do processo onde serei também aperfeiçoado… QUE VENHA O AMADURECIMENTO…

 

Nilson Apollo Belmiro Santos
Nilson Apollo Belmiro Santos

Leia Também

Técnicos da Emater-MG participam de capacitação para trabalhos com povos e comunidades tradicionais no Norte de Minas

Técnicos da Emater-MG participam de capacitação para trabalhos com povos e comunidades tradicionais no Norte de Minas

* Por: Jornal Montes Claros - 16 de junho de 2018. Técnicos da Emater-MG participam …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *