FENICS 2019 - ACI

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google

Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Painel Permanente de Poesia recebe obras de Rayssa de Luar

Montes Claros – Painel Permanente de Poesia recebe obras de Rayssa de Luar

Montes Claros – Painel Permanente de Poesia recebe obras de Rayssa de Luar

Montes Claros – O Painel Permanente de Poesia Juca Silva Neto (PPP) recebe, até o dia 30 de junho, poemas de Rayssa de Luar Oliveira Dias Teixeira. O Painel Permanente fica dentro das dependências da Biblioteca Pública Municipal Dr. Antônio Teixeira de Carvalho, no prédio do Centro Cultural Hermes de Paula.

Rayssa de Luar Oliveira Dias Teixeira
Rayssa de Luar Oliveira Dias Teixeira

Rayssa nasceu em Montes Claros e trabalha como enfermeira. Desde muito cedo, teve um contato intenso com as letras e aprendeu a se expressar através delas em forma de cartas, poesias e músicas.

Para ela, nenhuma palavra faz sentido se não houver sentimentos implícitos dentro de si: “aprendi que, se guardados, tanto os sentimentos quanto as palavras tornam-se sem valor. Nem todos os tesouros foram criados para viverem em baús. Alguns devem ser revelados”.

Confira algumas das Poesias;

Amor próprio

Após muito tentar,

Voltei a escrever.

Dessa vez não para você. Meu coração não é mais teu. Quem vive não sou mais eu. Estava presa, vivia a te procurar.

Mas me libertei quando resolvi te deixar. Superei as suas ausências,

Superei a carência,

Superei as palavras encantadoras. Quanta defraudação emocional! Me contive com tão pouco,

Mesmo transbordando de sentimento, Tive que me moderar.

Na verdade, você queria descontar suas frustrações. Pode até ser que conseguiu,

Mas entre nós nada aconteceu.

Firme estou com meus valores e sonhos. Sim, por um breve momento,

Mesmo que temesse dar tudo errado, Mas eu acreditei.

Mas hoje não. Hoje eu superei!

 

Castelo em ruínas

Quando oro,

daquelas crianças me lembro. Quantas vidas em sofrimento!

Parece interminável enquanto vivem , melhor dizer que apenas sobrevivem. Nunca escolheram tal situação,

mas ali se encontram a receber tal punição. A percorrer as ruas abandonadas, esquecidos pela sociedade …

…Naqueles olhos Já não tem brilho. Apenas sonhos abandonados,

Outros vendidos.

Essas crianças vem de um Castelo,

Mas ainda não se podem ser chamados de príncipes ou princesas. Ainda não foram coroados.

É que a sociedade os deixou de lado.

Ninguém vê, Ninguém ajuda. Melhor dizendo,

É Deus mesmo que olha e guarda,

Pois não permitiu que eles abandonassem a jornada. Crianças sem pai,

Adolescentes grávidas, Famílias à mercê,

E ainda querem cobrar deles o quê? A sociedade se impõe,

A sociedade cobra…

…O que poderia esse povo oferecer aos magnatas de gravata? O que poderiam oferecer a quem não os ajuda?

Eles só precisam de quem olhe, Eles precisam de quem cuide, Eles precisam de sonhos,

Eles precisam de vida. Eles precisam de você!

 

Desculpe, amor…

Queria te olhar

com o mesmo brilho nos olhos…

…Queria sorrir Ao olhar para ti. Queria te imaginar até o sono chegar,

ou fazer planos pra nossa vida, Nossos sonhos de partida. Queria poder ser

o que você espera…

…Queria ser tua rosa, a tua bela.

Queria gostar de ti, queria ser tua sonhada, tua esperada,

tua amada…

Mas sou simplesmente eu, tentando me encontrar.

Procurando meu rumo, minha história. Sou apenas eu,

me preparando para alguém.

Nem sei quem, mas ele vai chegar.

 

Quem sabe até seja você, num futuro, talvez

a gente se encontre, ou talvez se reencontre. Que seja um dia que você terá reciprocidade. Não importe quanto tempo, ou qual sua idade. Um dia você encontrará seu amor,

aquela que fará

teu coração mais forte pulsar. Tenho certeza, eu sei

você não desistirá.

Sem perceber a encontrará. Que ela te faça o bem,

que ela te queira bem,

que ela seja sempre o seu bem

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *