Matrículas Aberta - Escola Adventista

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Nacional » Motoristas da Uber burlam GPS para deixar corridas mais caras

Motoristas da Uber burlam GPS para deixar corridas mais caras

Motoristas da Uber burlam GPS para deixar corridas mais caras

O aplicativo da Uber, assim como o de outras empresas, está sujeito aos mais diferentes golpes. Em um deles, noticiado pela BandNews FM, os motoristas burlam o GPS do celular para deixar as corridas até 300% mais caras. E o passageiro só descobre ter sido vítima de tal prática no final da corrida.

Motoristas da Uber burlam GPS para deixar corridas mais caras
Motoristas da Uber burlam GPS para deixar corridas mais caras

 

Conhecido como Treme Treme, o golpe só pode ser aplicado se os motoristas usarem um smartphone Android. Ao habilitar a economia de bateria, a localização por GPS fica menos precisa e o sistema é obrigado a dar voltas virtuais em torno do aparelho para encontrá-lo.

Ao final da viagem, a economia de bateria é desativada e o GPS finalmente encontra o celular. Porém, o trajeto feito virtualmente pelo sistema é registrado como se tivesse realmente acontecido. Com isso, a Uber entende que o motorista percorreu um caminho mais longo e atualiza o valor da corrida.

Como o celular do passageiro não apresenta nenhuma mudança durante a viagem, o golpe é percebido somente quando o trajeto termina e o valor oficial é mostrado no aplicativo. Segundo a Uber, motoristas que praticarem a irregularidade podem ser descredenciados da plataforma.

O golpes dentro de aplicativos de transporte são comuns. Um deles, conhecido como “golpe do vômito“, consiste em informar a Uber sobre uma sujeira supostamente causada pelos passageiros durante uma corrida.

A prática busca receber uma taxa adicional da empresa, que cobra valor extra dos passageiros devido ao transtorno. A taxa de limpeza desejada pelo golpe, disseminado em 2018 nos Estados Unidos e no México, variava entre US$ 80 e US$ 150.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *