Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias
Curso - Fórmula da Eleição 2020
Inicio » Mais Seções » Tecnologia » Xiaomi cria carregador sem fio que reabastece celular em 40 minutos

Xiaomi cria carregador sem fio que reabastece celular em 40 minutos

Xiaomi cria carregador sem fio que reabastece celular em 40 minutos

A Xiaomi desenvolveu um carregador sem fio de 40 W capaz de dar carga completa em um smartphone com bateria de 4.000 mAh em apenas 40 minutos. A gigante chinesa divulgou um vídeo no Twitter com a recarga em ação usando um protótipo de aparelho que lembra o Mi 10. O telefone foi de 0% a 57% em 20 minutos, velocidade que superou dispositivos concorrentes.

Xiaomi cria carregador sem fio que reabastece celular em 40 minutos
Xiaomi cria carregador sem fio que reabastece celular em 40 minutos

O teste exibido no vídeo é uma demonstração do que a Xiaomi prepara para o novo carregador sem fio da marca. A potência máxima de recarga sem fio vendida atualmente pela marca fica em 30 W. A gigante chinesa não divulgou a data de lançamento do novo produto.

A demonstração da Xiaomi coloca a empresa na frente de concorrentes como Huawei e Vivo. Os smartphones premium da Huawei suportam recargas sem fio com carregadores de 40W. A concorrente chinesa conseguiu recuperar a energia completa de um aparelho com 4.200 mAh em pouco mais de uma hora. A Xiaomi utilizou uma capacidade menor, mas considerando a pouca diferença de bateria e o tempo de recarga, pode-se observar que o equipamento da Xiaomi conseguiu ser mais veloz.

Já no caso da Vivo, a empresa desenvolveu um dispositivo conceitual chamado APEX 2020. Ele consegue recuperar uma bateria de 2.000 mAh em apenas 20 minutos com um carregador de 60W. Entretanto, a Xiaomi conseguiu ultrapassar esta marca com o carregador de 40W. Quando o cronômetro marcou 20 minutos, o telefone já tinha recuperado 57% de sua bateria, ou seja, 2.280 mAh, capacidade maior que a alcançada pelo projeto da Vivo.

Celulares com recarga rápida costumam gerar preocupação em relação ao aquecimento interno que pode degradar a bateria. No entanto, a Xiaomi adotou um sistema de resfriamento vertical para impedir o superaquecimento do smartphone.

Vale lembrar que a fabricante já exibiu um carregador de 100W que recuperou toda a energia de um smartphone da Xiaomi, também com 4.000 mAh, em apenas 17 minutos. No entanto, o Mi 10 suporta até 30W, a potência máxima sem fio comercializada pela marca.

A expectativa é que o carregador sem fio de 40W seja lançado ainda este ano. Caso isso aconteça, a Xiaomi pode anunciar um novo smartphone compatível com a tecnologia e se consolidar no mercado como fornecedora da recarga rápida sem fio mais veloz.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *