Últimas Notícias

Modelo D2C: entenda como é o funcionamento no e-commerce

Vendas diretas para o cliente aumentam o lucro da indústria.

Modelo D2C: entenda como é o funcionamento no e-commerce

Há uma série de modelos de vendas no mercado das lojas virtuais. Todos eles buscam garantir o maior lucro possível. Um dos modelos que mais tem se popularizado em 2020 é o D2C (Direct to Consumer, traduzido para o português: direto para o consumidor). 

Este é o melhor modelo de negócios num e-commerce para indústria. Aqui vamos explicar como ele funciona e quais são os seus principais benefícios para um negócio. 

O que é o modelo D2C? 

O modelo de negócios D2C ocorre quando uma indústria decide vender seus produtos diretamente para o consumidor. Em outras palavras, não há intermediários. Um produto sai direto da fábrica para a mão do cliente, sem passar por distribuidoras e nem revendedores. 

Como mencionado, esse modelo é voltado para indústrias como uma forma de aumentar o lucro líquido da empresa. Através de canais de venda digitais como um site próprio, por exemplo, uma indústria pode vender o seu produto para o cliente final. 

Essa é a melhor maneira para transformar dados em vendas. Empresas que vendem para o consumidor conseguem ampliar o seu leque de clientes, além de ter informações preciosas para ajudar em lançamentos de novos produtos. 

Como funciona o modelo D2C? 

Basicamente, o modelo D2C busca encurtar o processo de venda. Assim há uma diminuição dos custos, já que não há gastos com intermediários, por exemplo, com representantes, franquias e nem lojas físicas. 

Por outro lado, a empresa fica responsável por todos os custos, da logística até a retenção de clientes. Mesmo assim, há uma diminuição nos valores necessários para a distribuição dos produtos, o que possibilita um aumento na margem de lucro. 

Exemplo do modelo D2C

Um bom exemplo de uso do modelo D2C no mercado brasileiro é a Nike. A empresa tem focado nas vendas pelo site, e através de campanhas de e-mail marketing para pessoas, que utilizam os aplicativos de treino e corrida da gigante de artigos esportivos. 

A Nike pretende faturar até R$ 50 bilhões em vendas D2C neste ano. Com foco no site e nas redes sociais, a empresa vem conseguindo cortar os intermediários através do modelo D2C. 

Quais são as principais vantagens do modelo D2C? 

Com o crescimento do D2C nos últimos anos, muitas empresas estão planejando adotá-lo no próximo ano. A seguir, abordaremos quais são as principais vantagens do D2C para o seu negócio, confira.

Elimina os intermediários 

A principal característica do modelo D2C é que ele elimina os intermediários, as vendas são feitas entre a empresa e o consumidor final, sem passar por revendedores. Basta que as empresas foquem em canais digitais e em estratégias de marketing para turbinar as vendas on-line por seus canais diretos. 

Redução de tributos 

Como as vendas são feitas diretamente para o cliente, os tributos gerados por conta da intermediação são eliminados no modelo D2C. Assim, a indústria consegue vender o produto para o cliente com um preço final menor, e mesmo assim ter uma margem de lucro maior do que com as vendas por revendedores. 

Atenção com a imagem da empresa

Quando você vende produtos por intermédio de revendedores, é possível que a imagem possa ficar comprometida por falhas de terceiros. Se o seu negócio é focado em franquias, por exemplo, e uma delas for evidenciada por mau atendimento, sua empresa pode ter a reputação prejudicada. 

Melhoria contínua

Vender diretamente para o consumidor final também ajuda no aprimoramento dos produtos. Com uma boa estratégia de atração e fidelização de clientes, a empresa pode estreitar o relacionamento com os mais exigentes. 

Dessa maneira, você pode enviar pesquisas de satisfação e receber críticas construtivas para melhorar o engajamento. Assim, é possível criar um processo de melhoria contínua, elevando os resultados dos próximos lançamentos.