Últimas Notícias

NBB, quais os times mais promissores para a temporada?

A temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil já começou e vamos mostrar quais os times que podem deslanchar e chegar bem na fase de playoffs

Mesmo em meio a toda a loucura dos tempos de pandemia de Covid-19, o Novo Basquete Brasil (NBB) conseguiu se estruturar para a disputa da nova temporada do torneio, que chegou em sua 13ª edição. Ao todo, são 16 times que lutam para chegar ao tão sonhado troféu de um campeonato que tem conquistado cada vez mais notoriedade e que está espalhando o basquete pelo Brasil.

Entre os times participantes estão: Zopone/Gocil Bauru Basket (SP), Brasília Basquete (DF), VipTech Campo Mourão (PR), KTO/Caxias do Sul Basquete (RS), Cerrado Basquete (DF), Corinthians (SP), Flamengo (RJ), Fortaleza Basquete Cearense (CE), SESI Franca Basquete (SP), Minas Tênis Clube (MG), Mogi das Cruzes Basquete (SP), Paulistano/Corpore (SP), Pato Basquete (PR), EC Pinheiros (SP), São Paulo FC (SP) e Unifacisa (PB).

Vamos conferir agora quais dos 16 times largam na frente na busca pelo título. Um dos pontos principais a observar são os times que mantiveram a mesma base da edição anterior e os que se reforçaram para construir uma boa campanha durante a maratona de jogos, que sofreu alterações nos locais, com algumas sedes definidas para a realização com os protocolos de segurança com base em medidas protetivas contra o Coronavírus.

Minas Tênis Clube (MG)

O Minas é um dos clubes mais tradicionais do Brasil e segue com um forte investimento também no basquete. Com jogadores experientes como JP Batista e o reforço de David Nesbitt. Outro nome de peso para ajudar na briga pela conquista da nova temporada é o estadunidense David Jackson, que além de experiente, também traz um ritmo veloz para a equipe

Os armadores Davi, que teve passagem recente pelo Flamengo, e o uruguaio Parodi, que atuou pelo Corinthians e SESI Franca também já estão se destacando na distribuição de passes e construções de jogadas.

Assim, o Minas é um time que vem forte tanto para a série de jogos da fase classificatória quanto para os playoffs, que ainda não tem uma fórmula de disputa definida. O Minas, inclusive, até o fechamento deste artigo, ocupa a primeira colocação, com 92,3% de aproveitamento, com 13 jogos disputados e 12 vitórias.

Flamengo (RJ)

Nos últimos anos, o Flamengo tem sido o “papa títulos” do NBB, sendo o maior campeão da história do torneio, com seis títulos. Com um alto investimento em jogadores e comissão técnica, o time possui um DNA campeão. Para a temporada 2020/2021 não será diferente, pois o time segue com o comando do técnico Gustavo de Conti, o Gustavinho, que tem uma carreira vitoriosa com os títulos do NBB com o Paulistano (2017/2018) e com o próprio Flamengo (2018/2019).

Entre os maiores reforços para a nova temporada estão o pivô Rafael Hettsheimeir, que veio do SESI Franca como um dos melhores na posição e o jovem armador Yago Matheus, que também ganhou papel de destaque em suas últimas temporadas no Paulistano. Inclusive, os dois já haviam sido treinados por Gustavinho na época que estavam no clube paulista.

Com estes reforços pontuais e a manutenção de nomes como Jonathan Luz, o armador argentino Franco Balbi e os experientes Marquinhos e Olivinha, o Flamengo segue com força total, após a temporada de 2019/2020 que não teve conclusão devido ao cancelamento em decorrência da pandemia.

Até o fechamento deste artigo, o Mengão está na segunda colocação da fase classificatória com 15 jogos disputados e 13 vitórias e duas derrotas. Assim, seu aproveitamento está em 86,7%. Mesmo com uma porcentagem menor em um comparativo com o Minas, o Flamengo também é uma ótima aposta, não só pela tradição, mas pela força do seu elenco na atual temporada.

Zopone/Gocil Bauru Basket (SP)

Houve muita preocupação por parte da diretoria do Bauru com relação a patrocínios durante a pandemia, mas o time conseguiu uma nova parceria, que fortaleceu o elenco e que faz com que o Bauru esteja entre os favoritos. Sabemos que a disputa, principalmente entre cariocas e paulistas, é bastante intensa dentro do NBB e o Dragão conta com um carioca no comando técnico, Léo Figueiró está no posto de condução do time.

Com relação ao time que está disputando o NBB 13, o elenco também conta com nomes fortes, como os armadores Alexey e o estadunidense Larry Taylor. Além deles, o “quarentão” Alex Garcia, o “Brabo”, segue como um grande nome de experiência na condução do elenco. Os pivôs também são nomes fortes, já que o Bauru tem Dikembe André e outro estadunidense, Tyrone Curnell que podem desequilibrar nas partidas.

Assim, o Bauru é mais um dos fortes concorrentes ao título e está na terceira colocação da fase classificatória, com uma campanha de 10 jogos, com oito vitórias e duas derrotas, com aproveitamento em 80%.

Paulistano/Corpore (SP)

O Clube Athletico Paulistano é um dos mais tradicionais de São Paulo e também construiu uma história bastante vitoriosa no basquete, sobretudo na temporada 2017/2018 com Gustavo de Conti no comando e com um investimento forte, principalmente na base. Aos poucos o clube passou por algumas reformulações e enxugou um pouco mais do investimento sobre o basquete, mas isso não fez com que o Paulistano deixasse de estar entre os principais do NBB.

Na atual temporada, o time conta com a manutenção do técnico Régis Marrelli e, além disso, está com jogadores que também poderão desequilibrar. Os jovens armadores Felipe Ruivo e Beto Fagundes trazem versatilidade na construção de jogadas. O Paulistano conta também com a volta de Deryk Ramos, que já havia vestido a camisa do clube paulista no elenco campeão do NBB, o ala Jimmy, vindo do SESI Franca, a manutenção do ala/pivô Victão e os pivôs Du Sommer, que também é prata da casa, e Maique, que segue na sua segunda temporada com o Paulistano.

Assim como o Bauru Basket, o Paulistano está com uma campanha de 10 jogos, em que conquistou oito vitórias e está com duas derrotas, totalizando 80% de aproveitamento. Seguindo firme e forte para tentar ser a pedra no sapato dos dois principais times até o momento, que são o Minas e o Flamengo.

São Paulo Futebol Clube (SP)

Assim como o Flamengo, é mais um time “de camisa”, pela relação com o futebol e está na lista dos clubes que mais investiram na construção de um elenco forte para disputar o NBB. No comando técnico do time, há muita experiência com o técnico Claudio Mortari, que conduziu muito bem os tricolores na temporada passada, que não foi concluída. A diretoria tricolor conseguiu manter grande parte dos jogadores da temporada passada e trouxe reforços de peso para engrossar o elenco.

O principal nome, disparado, é o atual MVP (Most Valuable Player), o armador Georginho de Paula, que segue no Tricolor Paulista para 2020/2021. Além da manutenção de Georginho, outros nomes permaneceram, como Shamell, Jefferson, Renan Lenz, Danilo Penteado e Igor. Outros reforços importantes que chegaram ao time da capital paulista foram os pivôs Lucas Mariano, vindo do Minas e Gerson, que estava no Rio Claro Basquete, o ala Corderro Bennett e o armador Kenny Dawkins, ambos americanos, além do ala Isaac, vieram todos do Pinheiros na última janela de transferências.

Dessa forma, o São Paulo também segue em busca da classificação nesta fase e ocupa o quinto lugar na tabela, com um desempenho de 14 partidas disputadas e 10 vitórias e quatro derrotas. Assim, o aproveitamento do Tricolor Paulista é de 71,4%. Mesmo com um número maior de reveses, o São Paulo também é favorito para brigar por título.

Outros times para ficar de olho

Claro que não podemos deixar de mencionar outros times que também possuem grande história na competição e que ainda podem embalar nessa fase classificatória, caso do Fortaleza Basquete Cearense (CE), o SESI Franca que ainda não engrenou na temporada, mas que também pode ganhar corpo ao longo da competição, principalmente por contar com o técnico Helinho Garcia. Unifacisa (PB) e Mogi das Cruzes (SP) também correm por fora para essa disputa do título.

Façam, então, suas apostas para a temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil e vamos seguir acompanhando quem poderá se tornar o dono do troféu mais aguardado pelo basquete profissional do Brasil. Descubra como apostar pela internet e divirta-se!