Últimas Notícias

Montes Claros – Câmara abre Mostra Festas de Agosto e presta homenagem ao mestre Zanza

Montes Claros – Câmara abre Mostra Festas de Agosto e presta homenagem ao mestre Zanza

Montes Claros – No dia que a Câmara de vereadores aprovou, por unanimidade, requerimento solicitando a indicação do Registro das Festas de Agosto como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial de Montes Claros, a Casa abriu a Mostra Festas de Agosto, e prestou homenagem ao símbolo das manifestações culturais da cidade, mestre Zanza.

Montes Claros - Câmara abre Mostra Festas de Agosto e presta homenagem ao mestre Zanza
Montes Claros – Câmara abre Mostra Festas de Agosto e presta homenagem ao mestre Zanza Divulgação Ascom Câmara Municipal de Montes Claros

 

A solenidade foi realizada na noite desta terça-feira (17). Por causa da pandemia do novo coronavírus, o número de convidados foi restrito, mas toda a programação foi transmitida ao vivo pela TV Câmara e YouTube.

De autoria do presidente da Casa, vereador Cláudio Rodrigues (Cidadania), foi homenageado com a Placa Alferes José Lopes de Carvalho. Essa é a terceira comenda recebida pelo artista que também foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito e com a placa de Ordem do Mérito Cultural Cândido Canela.

Mestre Zanza, com 90 anos, participou da festa acompanhado dos filhos, netos e bisnetos. Ele agradeceu a homenagem, lamentou por mais um ano não poder sair às ruas por conta da pandemia e mostrou esperança de estar com saúde, desejando mundo se livre do vírus, para que não mate mais pessoas e assim, possamos comemorar as próximas festas.

“Não é qualquer pessoa que recebe um título desse. Me sinto prestigiado e muito feliz por andar nas ruas e ser reconhecido com Mestre, até pelas crianças”, comentou Zanza.

Na opinião dos vereadores a abertura dos espaços da Câmara Municipal para a exposição, é uma forma de proporcionar à população, ainda que de forma virtual, o acesso à arte e a cultura, e também apoiar, valorizar e incentivar artistas e as manifestações culturais do município.

“Devido a pandemia, estamos há dois anos sem os cortejos das festas de agosto. É muito bom ter a oportunidade de realizar essa mostra com a participação de brilhantes artistas de nossa cidade e ter a presença do Mestre Zanza. Falar em festas de agosto, é falar de Mestre Zanza. É uma satisfação para a Câmara Municipal de Montes Claros poder prestar essa homenagem ao Mestre que representa a história, a arte e a cultura de nossa cidade. Me sinto honrado em ser o proponente dessa homenagem”, comentou o presidente Cláudio Rodrigues.

Também participaram da festa servidores e os vereadores Ceci Protetora (PP), Daniel Dias (PCdoB), Aldair Fagundes(Cidadania), Edmilson Bispo (PSD), Edson Cabeleireiro (PV), Elair Gomes (MDB), Eldair Samambaia (PSD), Igor Dias (PSL), Júnior Martins (Cidadania) Leãozinho (Patriota), Marcos Nem (PSC), Stalin Cordeiro (PODE), Maria Helena Lopes(MDB), Reinaldo Barbosa (PRB), Valdecy Contador ( Cidadania), Wilton Dias (PTB), Marlus do Independência (PT), Professora Iara Pimentel (PT), Odair Ferreira (SD), a vice-presidente da Casa Graça da Casa do Motor (PSL), o secretário Raimundo do INSS PDT), e o presidente Cláudio Rodrigues (Cidadania).

HOMENAGENS A ZANZA

A diretora de Cultura Júnia Rebelo ressaltou o valor das pessoas que realizam as Festas de Agosto, como os marujos, caboclinhos e catopês.

“Essas pessoas devem ser reverenciadas por carregar a tradição. Muitas, de maneira até anônima, saem no meio da multidão trazendo essa alegria toda. Por isso é importante que a cidade reconheça o valor dessas pessoas. A homenagem ao mestre Zanza é uma lembrança para todo mundo que entende que quem carrega e propicia isso à cidade não é a municipalidade, não é um setor específico e sim, pessoas que andam juntas há mais de 180 anos”, declarou Júnia.

O ex- vereador e escritor Wanderlino Arruda elogiou a iniciativa da Câmara, que além de criar leis, faz o trabalho de incentivar a cultura.

“Agora nas festas de Agosto, mês em que comemoramos toda essa tradição da nossa cultura iniciada com mais ênfase em 1957, no centenário da cidade, por uma iniciativa do historiador Hermes de Paula. Então é um dever conservar essa tradição”, falou Wanderlino.

Para o antropólogo João Batista da Costa, uma festa de grande importância, especialmente em transformar os festejos de agosto oficialmente como patrimônio imaterial.

SOBRE MESTRE ZANZA

Mestre Zanza nasceu há 90 anos, em um berço Catopê, e desde os quatro anos de idade participa dos cortejos pelas ruas da cidade. Aos 12 anos já era considerado chefe dos Catopês, recebendo do seu avô e do seu pai a herança das tradições culturais de Montes Claros. Ao longo desses 90 anos, ele construiu sua trajetória de vida nas rodas de festejos das Festas de Agosto. Natural de Montes Claros, Mestre Zanza nasceu em 10 de maio de 1931, filho de João Pacífico Pimenta e Bibiana Martins Santana. Casado com Maria da Conceição Santos, é pai de oito filhos, tem 20 netos e dois bisnetos. Não há dúvidas de que Mestre Zanza é um dos grandes responsáveis por manter viva a história das tradicionais Festas de Agosto de Montes Claros.

A MOSTRA

A “Mostra Festas de Agosto”, apresenta a arte de Afonso Teixeira, Conceição Melo, Cleiton Cruz, Felicidade Patrocínio, Hélio Brantes, Márcia Prates, Roberto Marques, Sérgio Ferreira e Walmir Alexandre, com obras em diferentes técnicas e estilos, com temas que homenageiam os grupos de Catopês, Marujos e Caboclinhos, e seus santos de devoção: Nossa Senhora do Rosário, São Benedito e Divino Espírito Santo.

De acordo com o artista plástico, Cleiton Cruz, o evento é uma oportunidade de expor seu trabalho.

“Ficamos muito tempo sem ter uma exposição para evitar aglomerações, e essa é uma oportunidade ímpar, mesmo sendo uma mostra semipresencial”, afirmou Cleiton.

Para o artista plástico Afonso Teixeira, as festas de agosto representam a maior manifestação folclórica.

“Essa festa deveria estar nos grandes eventos nacionais e com o reconhecimento de Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial de Montes Claros, vamos conseguir verbas, vamos conseguir captar essa festa”, disse o artista.

A exposição “Festas de Agosto” será realizada no hall da sede própria da Câmara, de forma híbrida, com visitação presencial por agendamento, pelo telefone (38) 3690 5400 e visitação virtual CLICANDO AQUI