Clínica de Reabilitação em Imperatriz do Maranhão – Confira como funciona

Como Funciona ?

Mesmo que a dependência química ou alcoólica não possua cura, o tratamento correto em uma clínica de recuperação pode dar ao paciente as ferramentas necessárias para uma vida equilibrada.
O tempo de tratamento em nossa Clínica de Reabilitação em Imperatriz é de 06 meses, mas isso é apenas uma estimativa, pois cada pessoa atinge um nível progressivo da doença. Além disso devemos levar em consideração alguns fatores como:

– Idade do Paciente.
– Tempo de consumo.
– Condições Físicas e Psicológicas.
– Tipo de Substância consumida e Quantidade.

Atuamos com Internação Voluntária e Involuntária dentro da nossa unidade Masculina em Imperatriz

O tratamento voluntário acontece quando a pessoa já consegue reconhecer que está perdendo o domínio de suas ações por causa do uso de substâncias químicas ou álcool, esses casos são considerados como o primeiro passo para uma recuperação duradoura, mas hoje em dia tem se tornado raros.

A Internação Involuntária é regulamentada pela Lei nº 13.840/19 do dia 05 de junho de 2019. É previsto na lei que a internação involuntária pode ser solicitada pela família ou responsável legal. Esse tipo de internação é aplicada a pessoas que já não conseguem lidar com a doença.

O nosso modelo de tratamento atende as duas modalidades, a seguir você poderá comprovar como funciona.

Plano de tratamento em Imperatriz – MA

Nosso plano de tratamento se baseia no programa de 12 Passos de Alcoólicos Anônimos e Narcóticos Anônimos unido a espiritualidade, trabalhos terapêuticos, abordagens psicoterapêutica e psicológicas que buscam a mudança de pensamentos e de comportamentos trazendo ao paciente a conscientização da destruição em que estava vivendo e a real possibilidade de uma vida com qualidade e objetivos, abordando não só a dependência, mas todas as áreas da vida do indivíduo em tratamento.

Primeira fase: Desintoxicação
Em nossa Clínica de Reabilitação de Goiania, o primeiro passo é o processo de ajuda ao dependente químico na fase da desintoxicação e síndrome da abstinência; contamos com profissionais para esta etapa que é a mais dolorosa para o dependente químico.

Segunda fase: Reabilitação psicológica
Para a continuidade do tratamento do dependente químico na clínica de recuperação em Imperatriz, não basta parar com o consumo das drogas ou do álcool, precisamos resgatar no dependente químico a capacidade de pensar com clareza, estimular seu desenvolvimento e sua auto-estima. O dependente químico ou alcoólatra precisa descobrir que existe uma maneira saudável de viver sem as drogas; esta é a principal fase do tratamento.

Terceira fase: Reinserção social
Nesta fase, o dependente químico volta a ter contato com a sociedade, desta vez com uma visão positiva da vida. Durante este período o recuperando faz visitas terapêuticas, retornando ao convívio com a família. Em seu retorno a clínica de recuperação o dependente químico trabalha com a equipe as dificuldades encontradas até atingir o equilíbrio necessário para uma vida saudável.

Plano de tratamento em Imperatriz – MA

Nosso plano de tratamento se baseia no programa de 12 Passos de Alcoólicos Anônimos e Narcóticos Anônimos unido a espiritualidade, trabalhos terapêuticos, abordagens psicoterapêutica e psicológicas que buscam a mudança de pensamentos e de comportamentos trazendo ao paciente a conscientização da destruição em que estava vivendo e a real possibilidade de uma vida com qualidade e objetivos, abordando não só a dependência, mas todas as áreas da vida do indivíduo em tratamento.

Primeira fase: Desintoxicação
Em nossa Clínica de Reabilitação de Imperatriz, o primeiro passo é o processo de ajuda ao dependente químico na fase da desintoxicação e síndrome da abstinência; contamos com profissionais para esta etapa que é a mais dolorosa para o dependente químico.

Segunda fase: Reabilitação psicológica
Para a continuidade do tratamento do dependente químico na clínica de recuperação em Imperatriz, não basta parar com o consumo das drogas ou do álcool, precisamos resgatar no dependente químico a capacidade de pensar com clareza, estimular seu desenvolvimento e sua auto-estima. O dependente químico ou alcoólatra precisa descobrir que existe uma maneira saudável de viver sem as drogas; esta é a principal fase do tratamento.

Terceira fase: Reinserção social
Nesta fase, o dependente químico volta a ter contato com a sociedade, desta vez com uma visão positiva da vida. Durante este período o recuperando faz visitas terapêuticas, retornando ao convívio com a família. Em seu retorno à clínica de recuperação, o dependente químico trabalha com a equipe as dificuldades encontradas até atingir o equilíbrio necessário para uma vida saudável.