Últimas Notícias

Pesquisa aponta que 10% dos brasileiros nunca foram ao oftalmologista

De acordo com a pesquisa “Um olhar para o glaucoma no Brasil”, realizada neste ano pelo Ibope Inteligência e divulgada no portal Agência Brasil, uma a cada cinco pessoas nunca compareceu ao oftalmologista (21%); e 10% realizaram a consulta apenas uma vez na vida. Além disso, 10% disseram nunca ter ido ao especialista; 25% apontaram que vão raramente, em momentos de incômodo na região dos olhos, por exemplo; 37% disseram não se preocupar com a perda parcial da visão; e 80% não entendem que enxergar pontos pretos pode ser um sintoma de agravamento ocular.

A mesma fonte ainda trouxe outros números sobre o assunto: 30% dos respondentes dizem acreditar que se deve procurar um médico apenas após começar a usar óculos; 23%, após alguma perda da visão; para 13% a ida ao oftalmologista deve ser frequente em caso de dor nos olhos; e 60% dos entrevistados da classe C nunca mediram a pressão dos olhos. O levantamento consultou 2,7 mil internautas do Brasil, com idades acima de 18 anos, em diversos estados, como Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Os dados também revelaram que, entre os entrevistados, há uma desinformação em relação ao glaucoma. Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG), não conhecer o glaucoma é preocupante, já que existem pessoas com mais tendência à doença e chances de desenvolvimento – como aqueles com casos na família ou com pressão intraocular alta.

“Estima-se que entre 2 a 3% da população brasileira acima de 40 anos possam ter a doença, o que representa cerca de 1,5 milhão de pessoas. O levantamento mostra que mais da metade não sabia que o glaucoma é a doença com a maior probabilidade de causar o quadro de cegueira irreversível, 47% desconheciam a relação com a hereditariedade, e 90% não associavam a patologia com a afrodescendência”, aponta.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o glaucoma é a segunda causa de cegueira no mundo. Em primeiro lugar está a catarata. A doença é caracterizada pela morte da célula responsável por realizar a comunicação entre o olho e o cérebro.

Conselho divulga site com orientações a respeito do cuidado com a visão

Ainda em relação à saúde da visão, tema debatido entre consumidores de óculos de grau feminino e masculino, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), com informações divulgadas no portal Agência Brasil, lançou um site destinado aos brasileiros ressaltando como é importante consultar profissionais em situações de ajuda ou suspeitas ligadas à visão. O site promove alertas sobre fake news ou distorções e reforça como é essencial ir atrás de orientações por meio de profissionais da área e fontes seguras.