Últimas Notícias

Importação no Brasil segue em alta e estimula novas empresa

O Brasil exportou, nos quatro primeiros meses de 2022, US$ 101,185 bilhões. A soma dos dados de janeiro a abril representa uma alta de 23,8% em comparação com o mesmo período do ano anterior. As informações são do Ministério da Economia. Já a balança comercial brasileira (que faz referência à diferença entre as exportações e as importações) registrou no primeiro quadrimestre de 2022 um superávit de US$ 19,947 bilhões. O montante representa uma alta de 10,5% em comparação com o mesmo período de 2021. 

Destaque nas exportações para o mês de março. Na ocasião, também de acordo com o Ministério da Economia, as exportações brasileiras somaram US$ 29,09 bilhões. O valor foi o maior já registrado em um único mês no país. “É um valor inédito para a exportação brasileira, não só para o mês de março, mas para qualquer mês já registrado”, explicou o subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior, Herlon Brandão.

Neste cenário, muitas empresas brasileiras enxergam a oportunidade de realizarem suas primeiras exportações. É o caso da Meu Rodapé, fábrica catarinense de acabamentos e revestimentos para a decoração, que realizou em 2022 vendas para Argentina, Uruguai, Paraguai e Colômbia. “O mercado está favorável e a exportação traz inúmeras vantagens. Além das empresas não ficarem reféns de uma única economia, o que traz mais segurança ao negócio, também ajudam nos processos de melhoria contínua dos produtos”, explica Robson Ferreira, proprietário da empresa.

Estas melhorias ocorrem principalmente porque o mercado externo tem outras características e exigências – que vão desde a forma de embalar e as informações contidas nos rótulos até o produto em si. A necessidade de se adequar a estas exigências faz com que as melhorias implementadas acabem sendo trazidas também para o consumidor interno.

Com o aumento da demanda, o mercado de trabalho também sente diretamente o impacto positivo das exportações. Santa Catarina, onde a Meu Rodapé está localizada, gerou, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e do Governo de Santa Catarina, 66.922 vagas formais de trabalho nos primeiros quatro meses de 2022. O número coloca o estado na terceira posição do ranking absoluto no país, atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais. A Meu Rodapé corrobora com estes números. Os dados de registro no Caged apontam que a fábrica foi de 94 funcionários em dezembro de 2021 para 123 pessoas registradas em maio deste ano. Muito por conta das exportações.

A expectativa do Governo Federal é de exportar um total de US$ 348,8 bilhões em 2022. Já o saldo da balança comercial projeta um saldo positivo de US$ 111,6 bilhões para o período.