Tecnologia

Tecnologias aplicadas à logística: confira as principais e aplicações

Compartihar

Nos últimos anos, o cenário logístico brasileiro tem passado por uma revolução impulsionada pela integração inteligente de tecnologias avançadas.

Neste artigo, exploraremos as inovações que moldam o futuro do setor.

Cada avanço é importante na busca por mais eficiência e menos erros logísticos.

Partindo das soluções de rastreamento inovadoras, gestão eficiente de processos e aplicações da Inteligência Artificial.

Acompanhe até o final e boa leitura!

O que é a tecnologia aplicada à logística?

A tecnologia aplicada à logística é a sinergia entre os avanços tecnológicos e operações logísticas.

Em termos simples, é a integração estratégica de soluções digitais para aprimorar a eficiência, visibilidade e confiabilidade em toda a cadeia de suprimentos.

Desde a coleta e análise inteligente de dados até a automação de processos, essa abordagem visa otimizar cada etapa.

Proporcionando ganhos significativos em termos de velocidade, precisão e, consequentemente, satisfação do cliente.

Tecnologia: aliada para evitar erros logísticos

A tecnologia pode ser uma aliada para evitar erros logísticos de diversas maneiras.

Podemos começar falando da automatização de tarefas, principalmente aquelas repetitivas e manuais.

Por exemplo, robôs industriais podem ser utilizados para realizar a movimentação de mercadorias em armazéns, evitando erros de manuseio e danos aos produtos.

Outro fator é que a comunicação entre os diferentes atores envolvidos no processo logístico pode ser facilitada.

Por exemplo, com assinaturas eletrônicas, ou sistemas de rastreamento de cargas.

A tecnologia também ajuda na coleta e análise de dados de forma mais eficiente, além de fornecer insights que ajudam a identificar e prevenir erros.

Por exemplo, sistemas de gestão podem ajudar a identificar gargalos, o que pode ajudar a evitar rupturas no processo.

Além de acompanhar as metas de indicadores logísticos, como o otif.

Exemplos de tecnologias aplicadas à logística

Inteligência artificial

A Inteligência Artificial (IA) na logística faz referência ao uso de algoritmos avançados que imitam a capacidade humana de aprender e tomar decisões.

No contexto logístico, a IA é empregada para otimizar rotas, prever demandas, e aprimorar a eficiência operacional, contribuindo para uma gestão mais inteligente e ágil.

Softwares de gestão de armazéns (WMS)

Os WMS são softwares que permitem um controle preciso e eficiente do estoque.

São capazes de rastrear a movimentação de produtos, e também organizam o espaço do armazém e aprimoram a gestão de pedidos.

Tudo isso para garantir que os produtos certos estejam nos lugares certos no momento adequado.

Softwares de gestão de transporte (TMS)

Os softwares de gestão de transporte são muito úteis para coordenar e otimizar as operações de transporte.

Afinal, ajudam na roteirização eficiente, rastreamento de veículos, controle de custos e na melhoria geral da visibilidade da cadeia de suprimentos.

Essa tecnologia pode, inclusive, ser muito útil a processos como a cabotagem, cross border e principalmente no processo logístico de itens delicados.

Como das máquinas seladoras, por exemplo.

Big Data

Big Data, no contexto logístico, se refere à análise e utilização de conjuntos massivos de dados para obter insights.

Isso inclui, por exemplo, a avaliação de padrões de demanda, previsão de estoques e identificação de oportunidades de otimização.

Ao processar grandes volumes de informações, as empresas podem tomar decisões mais informadas e estratégicas.

Internet das coisas (IoT)

Revolucionando diversos setores, a Internet das Coisas também está promovendo melhorias nos processos logísticos.

A lógica IoT envolve a conexão de dispositivos físicos à internet para coletar e compartilhar dados em tempo real.

Na prática, significa que sensores em embalagens, veículos e armazéns podem fornecer informações precisas sobre a localização, condições ambientais e status dos produtos.

Essa possibilidade melhora a visibilidade da cadeia de suprimentos.

Conclusão

As tecnologias aplicadas à logística estão em constante evolução, e novos avanços são esperados nos próximos anos.

Essas tecnologias têm o potencial de revolucionar a logística, tornando-a mais eficiente, sustentável e competitiva.

Tecnologias como IoT, big data e inteligência artificial, entre outras, podem ser utilizadas para melhorar a eficiência, a produtividade e a lucratividade das empresas de logística, entre outras inúmeras vantagens.

As empresas desse nicho que desejam se manter competitivas e relevantes no mercado devem se movimentar.

Isso para aproveitar esses e outros muitos benefícios das tecnologias aplicadas à logística.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Olá leitor, o portal Jornal Montes Claros utiliza cookies. Ao navegar no nosso portal você aceita os termos de utilização.

Politica de Privacidade