Últimas Notícias

Grupo de empresários anuncia projeto em Campos do Jordão

Um consórcio de empresários nas áreas de turismo e entretenimento anunciou um projeto de novo parque em Campos do Jordão. Com um investimento projetado em mais de R$ 200 milhões de reais, o empreendimento tem o objetivo de atrair visitantes de todo o Brasil para a cidade. A proposta é fortalecer a posição de Campos do Jordão como um destino turístico.

O ponto de partida desse empreendimento é a concepção de um Parque dos Dinossauros. Um dos objetivos com este projeto é que ele seja um ponto de encontro para os amantes da paleontologia e curiosos de todas as idades, buscando também proporcionar aos seus visitantes uma jornada pelo mundo pré-histórico com atrações de imersão e atividades que possam gerar aprendizado.

As obras de construção do Parque dos Dinossauros estão programadas para iniciar nos próximos dias, com uma previsão de conclusão estimada em 90 dias, graças à disponibilidade de réplicas de dinossauros já existentes no Brasil. 

“Com mais de 100 atrações, o Parque dos Dinossauros em Campos do Jordão irá possibilitar uma imersão na história mesozóica, que abrange três distintos períodos: o Triássico, o Jurássico e o Cretáceo. Cada uma dessas épocas será representada por exposições e atividades cuidadosamente elaboradas, possibilitando uma jornada através do tempo e do mundo dos dinossauros”, ressalta Mauricio Bruns.

O empresário ainda enfatiza que o principal propósito do Parque dos Dinossauros é promover a reconexão dos visitantes com a natureza. Ao explorar as exposições e participar das atividades oferecidas, os visitantes têm a oportunidade de aprender mais sobre a história da vida dos dinossauros na Terra. 

“Além do Parque dos Dinossauros, o complexo turístico abrigará outras quatro atrações, que serão anunciadas em outro momento. O objetivo é cativar não apenas os amantes da história natural, mas também os entusiastas de aventura e lazer”, reforça.

Ainda segundo o profissional, o projeto não se limita apenas a oferecer entretenimento, mas também está comprometido em impulsionar a economia local, prevendo a criação de aproximadamente 400 empregos diretos e indiretos durante a construção e operação do complexo.

Em uma reunião realizada em 16 de abril de 2024, o diretor administrativo financeiro do grupo, Mauricio Bruns, se encontrou com o prefeito de Campos do Jordão, Marcelo Padovan, para apresentar os detalhes do projeto. Durante o encontro foi discutido como essa iniciativa pode trazer um grande desenvolvimento para o município.

“A construção e operação de um complexo turístico de tal porte trará benefícios substanciais para todo o município. Além de atrair visitantes e aumentar o apelo turístico da região, o empreendimento também terá um impacto positivo na economia local”, complementa Bruns, que representa o consórcio e é empresário do setor têxtil, procurador e diretor executivo da Fundação Hermann Weege – Zoo Pomerode.

Na visão do empresário, a criação de empregos diretos e indiretos gerará uma renda adicional para os moradores, enquanto o aumento do fluxo de turistas estimulará o crescimento de negócios locais, como restaurantes, hotéis e uma variedade de outras atividades comerciais. “Essa sinergia entre o turismo e os empreendimentos locais promoverá um ciclo virtuoso de desenvolvimento econômico, tornando-se uma oportunidade única para impulsionar o progresso sustentável em toda a região”, conclui.