Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Mais Seções » Suprema Corte dos EUA decide restringir patentes de software

Suprema Corte dos EUA decide restringir patentes de software

A Suprema Corte dos Estados Unidos restringiu levemente nesta quinta-feira as patentes de software ao decidir que simplesmente implementar uma ideia abstrata usando um computador não torna a invenção elegível de ser patenteada.

Suprema Corte dos EUA decide restringir patentes de software
Suprema Corte dos EUA decide restringir patentes de software

Em uma decisão por 9-0, a Corte decidiu a favor da CLS Bank International, que contestou as patentes detidas pela empresa com sede na Austrália Alice Corporation Pty, de um sistema de computador que facilita transações financeiras. A Corte esclareceu pontos de uma área confusa da legislação sobre patentes de software, mas não forneceu uma regra definitiva sobre quando um software pode ser patenteado.

A decisão deixou em aberto questões sobre em quais circunstâncias o uso de um computador acrescenta o suficiente a uma ideia para torná-la patenteável.

No mínimo, a decisão deve ajudar as empresas de tecnologia a enfrentar processos impetrados por empresas que detém patentes somente com o propósito de processar outras que desenvolvem novos produtos.

(Por Lawrence Hurley) – Reuters

Leia Também

Quina de São João vai sortear R$ 130 milhões hoje; prêmio não acumula

Quina de São João vai sortear R$ 130 milhões hoje; prêmio não acumula

* Por: Jornal Montes Claros - 23 de junho de 2018. Quina de São João …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).