Vaga no Bolso
Inicio » Colunistas » Núbia Istela

Núbia Istela

Coluna da Núbia Istela

Coluna da Núbia Istela – Negrinha

Núbia Istela

Coluna da Núbia Istela – Negrinha Negrinha Negrinha agrada quando cai do cavalo Agrada quando não faz nada Negrinha precisa agradar se quiser alimentar Agrada ao mendigar afeto de quem tem apenas o teto Negrinha seja grata, Negrinha agrada Agrada quando os olhos brilham na esperança de um abraço, um aconchego, um colo para dormir em paz Negrinha agrada quando …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – Dez razões para lermos

Núbia Istela

Coluna da Núbia Istela – Dez razões para lermos Nunca o Brasil precisou tanto do hábito da leitura. Ler é um exercício que nos transforma em pessoas melhores. Semana passada comemorou-se o dia nacional do livro, data ideal para nos lembrar o quanto a leitura é necessária e vital. Que tal falarmos das razões para não sair mais das bibliotecas …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – Liberdade! Qual é o preço da sua?

Núbia Istela

Coluna da Núbia Istela – Liberdade! Qual é o preço da sua? Quantas vezes você deixou de concretizar um sonho por está preso a um dogma ou a alguém? Atravessamos anos lutando pela nossa liberdade. Negros em busca da tão sonhada alforria. Mulheres brigaram pelo direito à própria vida. Qual é o preço da sua liberdade? Liberdade é o direito …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – Conceda-me o benefício

Núbia Istela

Coluna da Núbia Istela – Conceda-me o benefício Conceda-me o benefício de dizer o quanto é lamentável essa luta exaustiva para me manter sóbria em tempos tão sombrios. É possível sentir, mas será possível manter o sentimento? Conceda-me o beneficio de dizer o quanto me sinto aliviada quando o sono bate a porta das minhas pálpebras e se convida para …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – Hoje seria uma boa noite para chover

Núbia Istela

Coluna da Núbia Istela – Hoje seria uma boa noite para chover Os dias de chuva parecem acalmar os corações. O barulho da chuva caindo no telhado provoca uma sensação de bem estar. O cheiro de terra molhada ou o ruído do vento é como ser transportado para perto de Deus. Calmaria. Paz. Amor. Um dose de harmonia. São essas …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – Paciência

Núbia Istela

Coluna da Núbia Istela – Paciência O que é paciência? Segundo o dicionário paciência é uma virtude humana de autocontrole emocional, ou seja, quando o sujeito suporta situações desagradáveis, injúrias, e o incômodo de terceiros sem perder a calma, ou a concentração. Você tem paciência? O mundo parece uma bomba relógio perto de explodir. As pessoas vivem momentos de tensão …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – O reencontro

Núbia Istela

Uma das melhores sensações da vida é o reencontro. O reencontro do amor, da felicidade, dos laços perdidos. O reencontro da vontade e do abraço apertado. O reencontro é capaz de transbordar de plenitude e paz uma alma sedenta. É capaz de mudar os rumos, e abrir portas para novos projetos e sobretudo um sorriso gostoso. Essa semana tive a …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – Mais Amor e Menos Ódio por Favor

Núbia Istela

No seio de uma Pátria, linda e única no mundo Somos herdeiros de espetáculos da natureza que encantam os olhos e preenchem a alma Mares profundos E flores que cabem na palma. Nos convida o tempero das baianas A receptividade dos mineiros As praias de Noronha E o nordeste hospitaleiro… Ah! Esse lugar tropical, com as maiores delícias da terra …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – Que o povo brasileiro tenha força para fazer dessa nação um país mais justo

Núbia Istela

Novos tempos se aproximam da nossa nação. Tempos de eleição. Época essa em que escolheremos os principais representantes do país. Há uma guerra travada nas redes sociais e até mesmo nas ruas, entre direita, esquerda e centro. Acredito sinceramente que esse é um tempo de pesarmos tudo o que foi feito até agora. E não defendermos lados como defendemos nosso …

Leia Mais »

Coluna da Núbia Istela – Minha primeira vez na maior feira internacional do livro

Núbia Istela

Bienal Internacional do livro de São Paulo Caro leitor, a primeira grande biblioteca que entrei na vida foi em Coqueiral de Aracruz, numa escola em que estudei quando tinha 12 anos.   Para quem não sabe, eu cresci no norte de Minas Gerais, num pedacinho de mundo chamado Vale das Cancelas. Poucas coisas tinham por lá até pouco tempo. E, …

Leia Mais »