Inicio » Minas Gerais » MG – Sindicato dos Delegados de Minas acionam Justiça contra Rede Globo por suposto ataque em novela

MG – Sindicato dos Delegados de Minas acionam Justiça contra Rede Globo por suposto ataque em novela

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Minas Gerais (SindepoMinas) entrou com uma Ação na Justiça contra a Rede Globo de Televisão, acusando a emissora de atacar a carreira de Delegado de Polícia Civil, na novela Babilônia.
MG - Sindicato dos Delegados de Minas acionam Justiça contra Rede Globo por suposto ataque em novela
MG – Sindicato dos Delegados de Minas acionam Justiça contra Rede Globo por suposto ataque em novela

A cena em questão foi ao ar em 20 de março. Os atores Thiago Fragoso e Fernanda Montenegro, que vivem respectivamente os personagens Vinícius e Tereza na trama, fazem um diálogo. Segundo o sindicato, os personagens classificam de forma generalizada como corruptos, todos os policiais civis. “A fala dos dois personagens exibida em cadeia nacional avilta a imagem do Delegado de Polícia”, declara o SindepoMinas, em nota.

A ação, que tramita na 31ª Vara Cível da comarca de Belo Horizonte desde 4 de maio,pede retratação pública, além de reparação civil por danos morais.
.
A reportagem entrou em contato com a Rede Globo, mas até o momento da publicação não respondeu sobre o caso.
Veja a cena:

Do Jornal Hoje em Dia

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *