Casa das Apostas Online Betway

PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINAS

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Últimas » MG – Pais são presos após matar seu filho de 6 meses

MG – Pais são presos após matar seu filho de 6 meses

Os pais de uma bêbe de 6 meses foram presos, acusados de matar seu filho estrangulado durante na manhã de sexta-feira (11), em Governador Valadares , no Vale do Rio Doce.

Segundo a Polícia Civil (PC), o avó paterno da criança acordou com o choro do bebê, que foi interrompido de repente ao ver que ele estava desacordado tentou fazer os procedimentos para reanimar o garoto. Em seguida ele perguntou aos pais da criança que tinha acontecido, o casal contou que a criança havia se engasgado. O fato ocorreu na rua da Justiça, no bairro Vila Rica.

MG - Pais são presos após matar seu filho de 6 meses
MG – Pais são presos após matar seu filho de 6 meses

.

.

Eles seguiram até o hospital municipal de Governador Valadares, onde foi constatado o óbito do bebê.

Durante o trabalho pericial, foi identificado pelo legista que a criança havia sido asfixiada.

A mãe, de 24 anos, e o pai, de 33,  foram presos acusados de homicídio e após serem ouvidos pela Polícia Civil.

Eles foram levados para a Penitenciária Francisco Floriano de Paula, onde seguem presos.

.

.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *