Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Câmara Municipal aprova orçamento de R$ 1,4 bilhão para o ano de 2016

Montes Claros – Câmara Municipal aprova orçamento de R$ 1,4 bilhão para o ano de 2016

Montes Claros – Câmara Municipal aprova orçamento de R$ 1,4 bilhão para o ano de 2016

A Câmara Municipal de Montes Claros aprovou, na manhã desta terça-feira (15), Projeto de Lei n° 112/2015, que estima a receita e fixa despesa do município de Montes Claros para o exercício de 2016, no valor de R$ 1,472 bilhão.

Montes Claros - Câmara Municipal aprova orçamento de R$ 1,4 bilhão para o ano de 2016
Montes Claros – Câmara Municipal aprova orçamento de R$ 1,4 bilhão para o ano de 2016

.

.

Neste ano, o orçamento a ser executado é de aproximadamente R$ 1,100 bilhão. De acordo com o gerente de Orçamento e Controle do Município, Francisco Aparecido Lima Santos, O PL votado e aprovado nesta terça-feira pela Câmara de Vereadores define as principais ações que o Executivo deve fazer no próximo ano, bem como a arrecadação fiscal.

.

.

Já o secretário municipal de Planejamento e Gestão, Wagner Santiago, afirma que a proposta orçamentária sempre tem a mesma estrutura, o que muda é a essência, a necessidade atual do município. Ele ainda destaca como é estabelecido o valor dos recursos para cada área. Disse que o prefeito Ruy Muniz esteve reunido há alguns meses com todos os secretários para ouvir a demanda de cada setor e depois de vários planejamentos foram estipulados os valores.

O orçamento municipal ficou assim definido:

Poder Legislativo: R$ 18,170 milhões; Gabinete do Prefeito e do Vice-Prefeito: R$ 2,990 milhões; Procuradoria Geral: R$ 11,370 milhões; Secretaria de Planejamento e Gestão: R$ 51,190 milhões; Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente: R$ 88,630 milhões; Secretaria de Esporte, Juventude e Cultura: R$ 32,720 milhões; Secretaria de Desenvolvimento Social: R4 26,730 milhões; Secretaria de Educação: R$ 303,782 milhões; Secretaria de Finanças: R$ 30,367 milhões; Secretaria de Saúde: 447,600 milhões; Secretaria de Infraestrutura e Planejamento Urbano: R$ 311,270 milhões; Secretaria de Administração Regional e Articulação Política: R$ 1,660 milhão; Secretaria de Serviços Urbanos: R$ 37,315 milhões; Secretaria de Defesa Social: R$ 22,435 milhões; Controladoria Geral: R$ 1,265 milhão; Instituto Municipal de Previdência dos Servidores Públicos – Prevmoc: R$ 51,300 milhões; Assessoria de Comunicação: R$ 4,560 milhões; Agência Municipal de Água, Saneamento Básico e Energia: R$ 1 milhão; Instituto Municipal de Desenvolvimento Urbano – IDM: R$ 560 mil; Empresa Municipal de Planejamento, Gestão e Educação em Trânsito e Transporte – MCTrans: R$ 12,186 milhões; e Empresa Municipal de Serviços, Obras e Urbanização – Esurb: R$ 14,900 milhões.

.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).