POS ON-LINE PUC MINAS

Coluna do Vasco Vasconcelos – Adeus Ministro Jarbas Passarinho

Coluna do Vasco Vasconcelos – Adeus Ministro Jarbas Passarinho

O Brasil perdeu dia 05.06 um grande político e homem público, Jarbas Gonçalves Passarinho. (1920-2016). Ele foi Governador  do Estado do Pará,  Senador da República, Ministro do Trabalho e Previdência Social, Ministro da Educação e Cultura – MEC  e Ministro  da Justiça.  Descanse em paz Ministro Jarbas Passarinho.

Foi Vossa Excelência que criou o Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL) instituído pela Lei n° 5.379, de 15 de dezembro de 1967, notadamente uma das maiores iniciativas governamentais na área da alfabetização de jovens e adultos, em nosso país e no mundo.

Quando foi Ministro da Educação nem OAB e nenhum sindicato mandava no MEC. Naquela época havia critérios rígidos na escolha e investidura no cargo de ministro. Não existia escravidão contemporânea, o famigerado fraudulento concupiscente caça níqueis exame da OAB, uma chaga social que envergonha o país dos desempregados.

Pois compete ao poder público avaliar o ensino. O MEC hoje não passa de um mero departamento da OAB. Entra e sai ministro da educação e todos se curvam para os mercenários.

Há vinte anos OAB vem se aproveitando dos governos COVARDES e corruptos para impor sua máquina de triturar sonhos e diplomas gerando fome desemprego depressão síndrome do pânico síndrome de Estocolmo doenças psicossociais e outras comorbidades diagnósticas uma chaga social que envergonha o país e ainda acha que está contribuindo para o belo quadro social.

Os mercenários da OAB tem que parar de pregar o medo o terror e a mentira. Isso porque não é da alçada da OAB e de nenhum sindicato avaliar ninguém. A Constituição é clara em seu artigo 209 diz que compete ao poder público avaliar o ensino.

OAB é uma entidade privada que muda de cor de acordo a conveniência para não prestar contas ao Tribunal de Contas da União – TCU. O famigerado, concupiscente, fraudulento caça-níqueis exame da OAB, é um abuso um assalto ao bolso dos escravos contemporâneos OAB.

Ministro Jarbas Passarinho vai ser muito difícil substituir a dignidade que o Senhor tão bem emprestou ao país dos desempregados. Que o seu legado sirva de exemplo para novas gerações. Daqui envio as minhas condolências à família enlutada desse grande político e homem público.

Vasco Vasconcelos, escritor e jurista

Brasília-DF

Vasco Vasconcelos
Vasco Vasconcelos