Matrículas Aberta - Escola Adventista

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Mais Seções » Tecnologia » Dupla cria aplicativo que promete acabar com reuniões de condomínio

Dupla cria aplicativo que promete acabar com reuniões de condomínio

Dupla cria aplicativo que promete acabar com reuniões de condomínio

Reuniões, atas, vagas na garagem, porteiro, mensalidade. Quem mora em condomínio sabe bem como decidir sobre esses assuntos, que parecem simples, mas podem render grandes dores de cabeça. Foi pensando em minimizar esses problemas que o síndico Virgílio Couto, de 48 anos, juntou-se ao empresário Sávio Silvério, de 42, para criarem um aplicativo que facilitasse a convivência em condomínios.

Dupla cria aplicativo que promete acabar com reuniões de condomínio
Dupla cria aplicativo que promete acabar com reuniões de condomínio

Por meio do Interbind, síndicos e condôminos podem aprovar decisões, fazer consultas e votações sem precisarem se reunir à moda antiga. “O maior problema que vejo em um condomínio é a comunicação. Temos e-mails e WhatsApp, mas são ferramentas incompletas. Então, pensei em criar o aplicativo, que serve também como quadro de avisos e para reuniões virtuais”, explica Couto.

O idealizador do programa acredita que, no futuro, o aplicativo será difundido de tal forma que dê fim às polêmicas reuniões de condomínio. “É uma tendência que observamos em pesquisas de mercado”, opina.

O aplicativo, lançado no início deste ano, foi desenvolvido durante um ano e meio. “O aplicativo é de interface fácil e possui quatro módulos: para síndicos e subsíndicos, condôminos, porteiro e administradora”, afirma o síndico. Além dos serviços já disponíveis nele, novas atualizações estão sendo desenvolvidas.

Pelo site

O aplicativo, que é gratuito, já pode ser buscado nas lojas virtuais de aplicativos (App Store e Google Play). Mas, antes de baixá-lo, é necessário que o síndico cadastre o condomínio no www.interbind.com.br.

Apesar de ele ser de graça, o usuário precisa desembolsar R$ 1.500 para obter a licença de uso do aplicativo. Os planos de serviço variam da gratuidade até R$ 499.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *