Últimas Notícias

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

NÃO FUNCIONA

Não seria nenhum absurdo afirmar que um órgão importante do corpo do prefeito de Montes Claros Humberto Souto não está funcionando. Calma! Certamente não é o que você está pensando. Eu me refiro a audição. Fica mais do que evidente que ele continuará insistindo em não ouvir a população e na tese de que é honesto e faz uma administração séria. Souto mais do que ninguém sabe que ser honesto e sério não é mérito nenhum, mas sim, obrigação. A coluna acertou quando divulgou que o chefe do executivo “faz ouvido de mercador”, achando normal as críticas e as manifestações da população. Ao ser vaiado e xingado na avenida Deputado Esteves Rodrigues, quando passava em um carro aberto, ele teve a audácia de, em entrevista à emissora de televisão, comentar que foi vaiado porque faz uma administração séria. Você já viu alguém ser vaiado por fazer um trabalho sério?

CANDIDATO TEMPORÃO

Mesmo não se envolvendo nas questões do município ou da região, o ex-prefeito de Montes Claros, Athos Avelino Pereira, continua insistindo na prática de eterno candidato. Aliás, somente é visto em período eleitoral. Agora mesmo ele iniciou movimentação já pensando em disputar no próximo ano uma vaga na Assembleia Legislativa. Entendo que terá dificuldades em emplacar seu projeto, uma vez que sua votação restringe a Montes Claros. A este respeito, uma ex-vereadora afirmou ter sido procurada pelo político.

SINDICATOS

É grande a expectativa de que, a partir do próximo ano, muitos sindicatos fechem suas portas em decorrência do fim da obrigatoriedade da contribuição sindical. O bom sindicato certamente não só sobreviverá como também conseguirá fidelizar os associados. Permanecerá como motivação o fato de o dirigente ter o direito de se afastar da empresa ou órgão e continuar sendo remunerado. Na prática, a lei além de ser justa, também desmotivará a perpetuação de uma única diretoria nestas entidades.

LEI JUSTA

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizada aprovou proposta que obriga indivíduos presos a repararem os danos causados às vítimas para terem direito a benefícios legais, como a progressão de pena. O texto será ainda analisado pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal. Se aprovado em plenário, para ter direito a benefícios como progressão de regime, suspensão de pena e liberdade condicional, o preso precisa reparar o dano que causou ou devolver o produto do ilícito praticado, além de possíveis acréscimos legais.

CADÊ AS CASAS?

O vereador Idelfonso da Saúde informou à coluna que na reunião de hoje da Câmara de vereadores, questionará o prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, sobre os motivos de ter recusado a assinar convênio para construção de 900 casas populares no município, dentro projeto ‘Minha Casa Minha Vida’. Ele citará o déficit habitacional da cidade e principalmente o fato de muitas famílias estarem morando debaixo de pontes, à beira de córregos e até mesmo invadindo terrenos públicos justamente por falta de moradias. Aliás, citamos aqui neste espaço a invasão de terrenos na beira do Córrego do Cintra, na avenida Minas Gerais, no bairro Renascença, e ainda na região do Facela. Até agora nenhuma providência foi tomada.

Aldeci Xavier